quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Bolachas vazias

Vazio. É todo um enorme vazio de desapontamento, de que já não é o que era, que não são tudo rosas. Parece que cada vez mais há menos, de tudo. De sensações, descobertas, sentimentos. Que cada vez mais é tudo normal, indiferente, sem sabor. 
Vazio, é apenas vazio.
Mas passa, passa sempre

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião