sábado, 30 de novembro de 2013

Bolachas como o esquilo

(chat do facebook)
Pessoa-que-eu-não-conheço: Hey, há mal em adicionar-te? x)*
Eu: Eu conheço-te?
Pessoa-que-eu-não-conheço: não. Daí ter perguntado. lol.
Eu: Então não, não me podes adicionar.
Pessoa-que-eu-não-conheço: Tranquilo como o esquilo

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

bolachas nos A7x

Fui ao concerto dos Ax7, levei com cerveja, gente encharcada em suor, miúdas baixinhas e rapazes enormes, muitos empurrões e moches, mas, aquilo que realmente me chateou foi uma rapariga que no auge da sua bondade me deu as mãos para me levar pro moche, como se eu fosse uma noob assustada que não sabe o que é um moche (sendo que eu já fui a vários e alguns mais violentos que aqueles que acabavam em 30 segundos. ahhh). 
Foi isso e o rapaz com o cabelo aos caracois onde eu enterrava a cara às vezes, é que estive mesmo quase a oferecer-lhe um elástico.
Mas fora isso, foi genial. Oh sim, sim, foi genial!
(e eu estou a dizer isto em tom de gozo. a miúda foi realmente simpática.)

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Bolachas e o PPC 2013

PPC 2013 ! 
Oh, eu adoro o quadripolaridades, e postais.

sábado, 16 de novembro de 2013

Bolachas e a paragem cerebral

Acabei de tentar baixar o som do pc com o comando da televisão e ainda fiquei admirada por nao conseguir durante uns segundos.

domingo, 10 de novembro de 2013

Bolachas e eu ia morrendo

Ahhh, e tu Isabelinha, gaiata dum raio que te escondeste dentro de um armário e em vez de assustares a tua família me assustas-te a mim que abri a porta na curiosidade de ver o vazio... Ah sua gaiata dum raio, tive dores no coração e tudo.

Bolachas nos capuchos

Adormecer tarde e acordar cedo, agitados com uma estranheza que sabe tão bem. Olhos pequeninos a reagirem à luz e esse sorriso logo de manhã. Café da manhã rodeados de velhotes e famílias, tal qual brilho da juventude, tal qual esse brilho nos olhos. Pensamentos em conjunto, passeios matinais em sítios novos e flores. Domingo preguiçoso a deambular perante lojas a ver tudo sem ver nada, só contigo a distrair-me. Final de uma tarde fria a acabar em sesta, aconchegada, tal como acordei. 
E um ovo kinder. É dia 10, apaixonei-me.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Bolachas e os bêbados são iguais aos apaixonados

Sabe-se que há um Deus que vela sobre os bêbados e os apaixonados.
 Os três mosqueteiros - Alexandre Dumas

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Bolachas e os cortes

Margaridinha: "eu também tive que fazer cortes"

deixaste de ir ao cabeleireiro duas vezes por mês, foi?
Como é que esta besta acabou de lançar o 19º livro?

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Bolachas e não-consigo-trabalhar

Quando tenho muita coisa para fazer da faculdade invento outras novas para me ocupar: tipo arrumar o quarto.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

As três bolachas

Se um erro me faz feliz, não tenha a crueldade de me desenganar.
Os três mosqueteiros - Alexandre Dumas

Bolachas e as dúvidas

Das dúvidas existenciais:
Na praxe ou nas praxes?