segunda-feira, 29 de julho de 2013

Bolachas no café

O café está cheio. eu só tenho internet no café. Isto é tudo família e o caraças e conhecem-me todos de vista. Eu não quero saber de ninguém  juro que por mim estava em Lisboa. E mostram-me coisas giras. Rio-me no café, sozinha. Parece uma perdida e rio-me muito.

sábado, 27 de julho de 2013

Bolachas e a vadiagem

Sonhei que conhecia a mãe dele. 
Ela odiou-me

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Bolachas Americanas

Os Norte-Americanos não querem violência nas suas vidas, mas precisam experimentá-la por tabela. Adoram a guerra, desde que não seja no seu território.
O meu país inventado - Isabel Allende

Bolachas capicua

domingo, 21 de julho de 2013

Bolachas e que-raio-de-pontaria-pah!

Como, mas como é que marcam a antestreia do Hunger Games para o MESMO dia que o concerto dos A7x? como?! Têm o mês todo pah!

Bolachas e a bicharada

Ainda acerca da bicharada cá de casa:
A Milady tem autorização para ir para cima do telhado em frente à minha janela. O Dumas - o cão - acha que é uma excelente ideia e vai também. 
No outro dia fechei-o lá sem querer, voltei passado meia hora com ele a babar-me a janela.
(e ele não tem autorização para ir para lá. Não me chamem a protecção dos animais cá pra casa)

Bolachas no armário

Sô dona Milady -a gata - assim que apanha o meu armário aberto trata de se enfiar dentro dos cestos das boinas.
E depois eu não reparo que ela lá está e tranco-a no armário. bonito.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Bolachas escritoras

É uma condição inerente a este trabalho, garantiu; sem o desassossego de se sentir diferente não haveria necessidade de escrever. A escrita, ao fim e ao cabo, é uma tentativa de compreender as circunstâncias próprias e clarificar a confusão da existência, inquietudes que não atormentam as pessoas normais, só os inconformistas crónicos, muitos dos quais acabam convertidos em escritores depois de terem fracassado noutros ofícios. Esta teoria tirou-me um peso de cima: não sou um monstro, há outros como eu.
O meu país inventado - Isabel Allende

Bolachas magras

Quanto mais dinheiro tem uma mulher, menos come: a classe alta distingue-se pela magreza.
O meu país inventado - Isabel Allende

domingo, 14 de julho de 2013

Bolachas a um Sábado

Eu: Eu faço sempre anos a um sábado. de vez em quando calha a um domingo, mas é quase sempre a um sábado.
Ele: Isso não pode ser.
Eu: Estou-te a dizer! Eu faço anos nas férias, em pleno Agosto, é sempre sábado.
Ele: Claro, claro. Vamos ver ao calendário em que dia da semana fazes anos este ano.
(vamos ver. É sábado.)
Eu: Vês? É sempre sábado!

sábado, 13 de julho de 2013

Bolachas atrapalhadas

Eu estou feliz.
E o facto de ficares todo atrapalhado só me faz gostar mais.

Bolachas e as coisas que precisam de entender #1

Coisas que as pessoas precisam de entender:
Há uma coisa fantástica chamada "mensagem privada" no facebook. Não é preciso publicar estados a combinar cinemas/encontros e marcarem os vossos amigos. 

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Bolachas na barragem

Eu: A sério? De livre e espontânea vontade?
Ele: De livre e espontânea vontade.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Bolachas e a color run - nota

Ainda acerca da color run em Lisboa (à qual eu não fui):
Se viram um grupo de parvos com um mega fone a berrar... eram o meu grupo de amigos.
(claro que tinham que ser eles...)

Bolachas ta-nana-na-na

A música de hoje em dia:
versão original
versão 1
versão 2
versão 3

domingo, 7 de julho de 2013

Bolachas e o color run

Color run em Lisboa  a.k.a.  o meu facebook todo colorido com fotos de gente suja.
(deve ser a única maneira de porem os jovens a correr)

Bolachas em VFX

Sabes que a festa foi boa quando vais a uma festa de largadas de touros e não vês nem um.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Bolachas nas limpezas

Acabei de aspirar uma mosca.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Bolachas e os pixies

Ela: Gostas de pixies?
Eu: Han? Peixes, talvez. Nepia, sou vegetariana.
Ela: É uma banda.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Bolachas laminadas

Quando estava a trabalhar na minha maquete precisei do meu bisturi, e de lâminas novas. Tinha uma caixinha cheia delas, mas não as encontrava nem por nada. pensei para mim "quando não precisar delas vou encontrá-las".
Dito e feito. Acabei de as encontrar.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Bolachas Sputnik

Sputnik
Palavra russa para: companheiro de viagem.

Bolachas tão simples

(...) quando a amizade começa a adoecer e a definhar, se serve de uma forçada cerimónia. Na confiança franca e simples não há artifícios.
A tragédia de Júlio César William Shakespeare

Bolachas as tentativas

É impressão minha ou estás a tentar ser uma melhor pessoa?  Pode ser que se tenha feito luz. E ainda bem.

Bolachas a aparo

Há fins que são inícios e há inícios que são fins.
Ela foi sem dúvida o inicio de um fim, e foi maravilhoso, tu talvez também o possas ser.