quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Bolachas, meu amor

Mas meu amor, tu não és tão má quanto te achas, nem tão boa quanto te queres fazer passar.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião