sábado, 19 de janeiro de 2013

Bolachas giras

Giro, giro, é o meu cão a correr atrás da gata e ela a dar-lhe patadas no focinho.
Giro, giro, é o temporal que está lá fora e que me abana a casa toda. E não, a casa não é de palha.
Giro, giro, é o trabalho que tenho para fazer.
Giro, giro, é aquilo que eu não vou dormir até segunda feira.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião