domingo, 29 de dezembro de 2013

Bolachas e dia 28

Começou a 28 de dezembro de 2010 e ao que parece acaba a 28 de dezembro de 2013.
Ironia.

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Bolachas no PPC

Caro amigo secreto do PPC, não recebi nada ainda.
Tens até ao ano novo ou vou fazer queixinhas à Pólo.

quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Bolachas económicas

O meu computador quer à força corrigir "desurbanização" para "desorganização".
eu sei que o meu trabalho está confuso, já percebi, obrigada.

Super Bolachas

Conversas rápidas, sem parvoíce no máximo, com lógica zero, mas que de algum modo fazem sentido e que duram 2 minutos. E fazem rir.
Há coisas que eu não entendo nem me dou ao trabalho de as tentar entender.

Bolachas e o gato

Diferença 1: o sorriso

quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

Bolachas e os conselhos

Não te metas nas drogas que há pouca e nós somos muitos.
Melhor conselho não há.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Bolachas frescas

Aquele momento em que conheces um amigo do teu namorado e pensas "esta alma deve andar sempre no engate" e depois é amigo de uma quantidade de amigas tuas, todas elas bastante frescas.

terça-feira, 17 de dezembro de 2013

Bolachas com mustache

Já repararam na moda dos rapazes andarem de bigode? Só da pirosise minha gente, é o que vos digo.

domingo, 15 de dezembro de 2013

Bolachas e era um coelho

Discutimos a primeira vez. 
Eu juro que vi um coelho, ele garante que era um gato.
Não é dia 10, é dia 15. Mas pode ser. Gosto de ti, mas aquilo era um coelho.

Bolachas e as doubledoors

Ele: Oh Catarina, vê lá se tens aí no teu pc uma double door em CAD.
Ela:  AHAHAHAHA DUMBLEDORE
e perderam-se de riso.

quarta-feira, 11 de dezembro de 2013

Bolachas e a homenagem

Homenagem aos negros Sul Africanos.

Via televisão estes dias e no meio das milhares saudações e condolências a Nelson Mandela , pensava no povo Sul-Africano. Pensava no que poderia ter sido a África do Sul Pós-Apartheid senão fosse a capacidade sobre humana de perdoar daquele povo.

No fundo há um Mandela na maioria dos negros sul-africanos. É extremamente injusto dar todo o mérito a Mandela por não ter havido uma chacina ou uma guerra civil no Pós-Apartheid. Se os negros sul-africanos quisessem mesmo vingar-se dos brancos que lhes tinham subjugado e humilhado durante décadas não haveria nenhum Mandela que pudesse impedir. Inclusive sempre houve vários grupos negros antes e Pós-Apartheid que reivindicavam a expulsão dos brancos e não conseguiram a aprovação das massas.

Incrível esta capacidade de perdoar. Imaginem o que era um grupo de 1000 espanhóis vir a Portugal, impor um regime de 50 anos onde os portugueses não tinham direito à cidadania, onde eram considerados como uma raça inferior, onde não podiam usar os bons hospitais ,escolas, transportes, serviços públicos, onde não podiam andar nas ruas mais airosas, onde não podiam entrar nos bons restaurantes, não podiam ir às melhores praias, não podiam ir ao cinema, biblioteca, teatro , futebol etc, onde na maioria dos casos só podiam ter empregos precários, onde um português era condenado à morte se tivesse sexo com uma espanhola, onde quase diariamente a polícia espanhola matava um português por protestar contra esse regime ou por uma insignificância qualquer. 

Seria possível nós perdoarmos os espanhóis quando esse regime acabasse??

O Apartheid acabou em 1994.

O que os negros sul-africanos fizeram é transcendente. Mandela foi inspirador, mas há também uma áurea divina em cada um desses homens e mulheres que conseguiram perdoar quem lhes cuspiu, espezinhou, e assassinou parte do seu povo durante quase 50 anos. Suprema homenagem. 

Vários brancos , mestiços e indianos sul-africanos também lutaram contra o Apartheid. Alguns foram mortos, outros ostracizados. Homenagem também a eles.

Valete

segunda-feira, 9 de dezembro de 2013

Bolachas e as rampas

5+3+11 = 29
estive convencida disto durante mais tempo do que me orgulho

Bolachas com sabão

Eu ando triste com a época de frequência, ele achou-me tristonha e "achei que precisavas de bolinhas de sabão na tua vida".
O melhor do mundo é o que vos digo.

sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Bolachas e os paralelipepedos

A minha professora de edificações - que é arquitecta - esteve uma aula inteira a referir-se a um exercício como "o cubo 3x5x3".
Pôs-me os nervos em franja...

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

sábado, 30 de novembro de 2013

Bolachas como o esquilo

(chat do facebook)
Pessoa-que-eu-não-conheço: Hey, há mal em adicionar-te? x)*
Eu: Eu conheço-te?
Pessoa-que-eu-não-conheço: não. Daí ter perguntado. lol.
Eu: Então não, não me podes adicionar.
Pessoa-que-eu-não-conheço: Tranquilo como o esquilo

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

bolachas nos A7x

Fui ao concerto dos Ax7, levei com cerveja, gente encharcada em suor, miúdas baixinhas e rapazes enormes, muitos empurrões e moches, mas, aquilo que realmente me chateou foi uma rapariga que no auge da sua bondade me deu as mãos para me levar pro moche, como se eu fosse uma noob assustada que não sabe o que é um moche (sendo que eu já fui a vários e alguns mais violentos que aqueles que acabavam em 30 segundos. ahhh). 
Foi isso e o rapaz com o cabelo aos caracois onde eu enterrava a cara às vezes, é que estive mesmo quase a oferecer-lhe um elástico.
Mas fora isso, foi genial. Oh sim, sim, foi genial!
(e eu estou a dizer isto em tom de gozo. a miúda foi realmente simpática.)

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Bolachas e o PPC 2013

PPC 2013 ! 
Oh, eu adoro o quadripolaridades, e postais.

sábado, 16 de novembro de 2013

Bolachas e a paragem cerebral

Acabei de tentar baixar o som do pc com o comando da televisão e ainda fiquei admirada por nao conseguir durante uns segundos.

domingo, 10 de novembro de 2013

Bolachas e eu ia morrendo

Ahhh, e tu Isabelinha, gaiata dum raio que te escondeste dentro de um armário e em vez de assustares a tua família me assustas-te a mim que abri a porta na curiosidade de ver o vazio... Ah sua gaiata dum raio, tive dores no coração e tudo.

Bolachas nos capuchos

Adormecer tarde e acordar cedo, agitados com uma estranheza que sabe tão bem. Olhos pequeninos a reagirem à luz e esse sorriso logo de manhã. Café da manhã rodeados de velhotes e famílias, tal qual brilho da juventude, tal qual esse brilho nos olhos. Pensamentos em conjunto, passeios matinais em sítios novos e flores. Domingo preguiçoso a deambular perante lojas a ver tudo sem ver nada, só contigo a distrair-me. Final de uma tarde fria a acabar em sesta, aconchegada, tal como acordei. 
E um ovo kinder. É dia 10, apaixonei-me.

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Bolachas e os bêbados são iguais aos apaixonados

Sabe-se que há um Deus que vela sobre os bêbados e os apaixonados.
 Os três mosqueteiros - Alexandre Dumas

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

Bolachas e os cortes

Margaridinha: "eu também tive que fazer cortes"

deixaste de ir ao cabeleireiro duas vezes por mês, foi?
Como é que esta besta acabou de lançar o 19º livro?

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Bolachas e não-consigo-trabalhar

Quando tenho muita coisa para fazer da faculdade invento outras novas para me ocupar: tipo arrumar o quarto.

sexta-feira, 1 de novembro de 2013

As três bolachas

Se um erro me faz feliz, não tenha a crueldade de me desenganar.
Os três mosqueteiros - Alexandre Dumas

Bolachas e as dúvidas

Das dúvidas existenciais:
Na praxe ou nas praxes?

quarta-feira, 30 de outubro de 2013

Bolachas tolas de todo

Acabei de escrever música na barra de endereços. 
Eu queria escrever youtube...

segunda-feira, 28 de outubro de 2013

domingo, 27 de outubro de 2013

Bolachas satanicas

A-mãe-dele: Ai não ponhas aquela música das cruzes e dos homens vestidos de negro! Aquela que chama o diabo! Aposto que a Bolacha não gosta disso. Não é Bolacha, não gostas daquela espécie de música metallica!
Eu: Ahhh... Pooois... Por acaso gosto...


Para ela "metallica" é um género de música.

Bolachas e a feiticeira

Portanto era suposto eu adivinhar que estavas chateada. 
As mulheres são muita complicadas é o que vos digo. Mulheres não, gajas.
Sim, sim, escrevi aqui sobre isso. É o meu blog e eu faço o que quiser.

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #57

Quais as duas únicas maneiras de fazer piscinas?
Ou nadas, ou és arquitecta.
João Paulo RdV

Bolachas assustados

Ela: É normal, gostas dele.
Eu: But, but... is so scary.

domingo, 20 de outubro de 2013

Bolachas distraidas

Tenho uma amiga que de 3 em 3 meses trocas de telemóvel. 
Não por querer andar na moda ou por ser rica, é mesmo porque o perde.
(e não estou a exagerar)

quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Bolachas e o João Pato

Era uma vez 4 amigos a estudar na faculdade: A Bolacha, a Leonor, a Caty e o João Paulo. 
Esses 4 amigos gostavam muito do curso deles, mas achavam que algo faltava. Decidiram então compensar esse vazio com festas e entre festas e festas surgiu um pato que adorava festas. 
Hilariante que só ele, tornou-se uma piada privada e, num belo dia de sol, João Paulo decide viajar até à Escócia.
É nesta bela zona do planeta que ele encontra aquele que lhe viria a preencher o vazio. É nesta zona do planeta que ele encontra um pato de borracha, sozinho e abandonado, a precisar de amor e carinho.
Sabendo que as suas superioras - as outras três - tratariam dele com amor, decidiu entrega-lo aos cuidados delas. 
O patinho é baptizado de João Pato, e honra do seu salvador. E com todo o amor possivel, ingressa na faculdade juntamente com os seus colegas que o ajudam a tornar-se popular.
E blá blá blá ponham like aqui!

Bolachas de gelo

Um governante que se esconde atrás de executores pagos depressa se esquece do que é a morte.
A guerra dos tronos: As crónicas de gelo e fogo - George R. Martin

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #56

Aquilo que nos leva a casar é ter um saco de água quente na cama.
Vitinho, o prof. de edificações

Bolachas a não ver o mundo do lado esquerdo

Estou com um torcicolo. Isto hoje para atravessar a estrada foi uma chatice.

segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Bolachas e o Dumas

O dumas  - o cão - no outro dia comeu a minha boina preferida, a primeira, a eleita.
Hoje comeu o meu soutien vermelho/laranja, o meu preferido, aquele que tem conjunto, o perfeito.
Tenho vontade de chorar e de o matar. 
(Vá, o preferido é o preto. Mas é o segundo preferido)

sábado, 12 de outubro de 2013

Bolachas idiotas

Não pintarás estradas em planta de azul nunca mais. Não pintarás estradas em planta de azul nunca mais. Não pintarás estradas em planta de azul nunca mais. Não pintarás estradas em planta de azul nunca mais. Não pintarás estradas em planta de azul nunca mais. 

que estúpida...

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

3 Bolachas

Hoje ela sonhou que estava a falar com ele e que dizia "a tua namorada é bonita". Ele sorria para ela, dizia que sim, e corria para me alcançar.

Hoje foi dia de sonhos. Hoje é dia 10.

Bolachas fogo

Hoje sonhei que tinha o cabelo pintado de vermelho.

quarta-feira, 9 de outubro de 2013

Bolachas mulheres

A cabrice é apenas o que dela fizemos (...)
Aquilo que, por certas razões, se deseja
E (...) como todas as coisas,
Também tem as suas compensações
Como fahar completamente a sua vida em 11 lições - Dominique Noguez

Relógios de Bolachas

A Itália dos Bórgia conheceu trinta anos de terror e sangue, mas também nos deu Vinci, Miguel Ângelo e o Renascimento; a Suiça conheceu a fraternidade, quinhentos anos de paz e democracia e que foi que nos deu? O relógio de cuco?
Como falhar completamente a sua vida em 11 lições - Dominique Noguez

Bolachas com moscas

No meio deles, com o corpo imundo, o cabelo emaranhado e um nariz gotejante, Ralph chorou pelo fim da inocência, pelas trevas no coração do homem e pela queda no vazio do verdadeiro e sensato amigo a que chamavam Piggy.
O deus das moscas - William Golding

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Bolachas geminadas

O meu mundo ruiu no dia em que descobri que são casas geminadas e não casas germinadas.
De gémeos, não de germinar.
(ahhhhh)

Bolachas no cubo

Oradora: E nós trabalhamos numas mesas chamadas "mesas de ourives" que são umas mesas com umas gavetas por baixo para que no final seja de mais fácil limpeza e assim não desperdiçamos o pó do metal.
Rapaz da plateia (em alto e bom som): Ah! Eu faço isso em casa! Com o esferovite!

domingo, 6 de outubro de 2013

Bolachas e o trabalho

Estamos a fazer um trabalho de grupo:

Um italiano que, tendo ideias assim-assim, não faz lá grande coisa.
Uma rapariga da Amadora que, não tendo ideias, não faz nada.
Um colega meu do ano passado que, tendo ideias razoáveis, impõe-as, faz e acontece sem quase ligar aos outros.
E eu que, cheia de febre durante as aulas e com um vírus que não me deixa sair de casa, tenho que gerir as coisas. Ou tentar.

Escusado será dizer que o meu colega está a fazer o trabalho quase sozinho. Juro que tenho pena.
Ah, e odeio trabalhos de grupo.

sábado, 5 de outubro de 2013

Bolachas doentes

Estou doente. Segundo a médica tenho "um vírus agudo na zona da cabeça".
Poupem-me as piadas, não me afectou o cérebro.
Ainda

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Bolachas e a puta da mania

Põe fotos com cigarros na boca -> apagados.
Põe fotos com garrafas de whisky -> odeia beber whisky
Eu tenho conhecidos tão espertos...

segunda-feira, 23 de setembro de 2013

Bolachas no circo

Quando passam aqueles carros das autárquicas cheios de música só consigo pensar em circos.
Não devo estar longe honestamente...

domingo, 22 de setembro de 2013

Bolachas assaltadas

Assaltaram a casa do meu pai na Bélgica. Em cima da mesa havia dois computadores: o do meu pai - um daqueles normais - e o do colega de casa dele - um mac.
Só roubaram o do meu pai.
(é que nem ladrões gostam de mac's...)

sábado, 21 de setembro de 2013

Bolachas e os collants

Estou naquela altura em que já me apetece por collants, mas ainda não está tempo para isso.

sexta-feira, 20 de setembro de 2013

Bolachas nos cafés

Procura-se cafés, bares, salas de chá, entre outros, na zona de Sintra, Cascais e Lisboa. Procura-se especialmente aqueles que quase ninguém conhece mas que são perfeitos. Tem-se preferência pelos que têm preços acessíveis  vistas bonitas, sofás e decoração gira, não sendo necessário tudo junto. 
Agradeço qualquer ideia, por mais disparatada que seja.

Bolachas sintrenses

Sintra é o único lugar do país em que a História se fez jardim.
Vergílio Ferreira

terça-feira, 17 de setembro de 2013

Bolachas tristonhas

Ela disse que tinha medo de ficar comigo no grupo. Fiquei triste, mas não perguntei porquê, tive medo de saber a resposta.

Bolachas raras

A verdade raramente é divertida

domingo, 15 de setembro de 2013

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #55

(pouco depois da meia-noite de sexta feira)
Olha, já não é dia de azar, já passou sexta-feira 13, já é sexta-feira 14!
Sérgio, nos seus momentos brilhantes

quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Bolachas knock knock

(...)
Ele: Eu não sou baptizado.
Eu: Não és? A tua mãe não te baptizou quando eras miúdo?
Ele: Errr... a minha mãe é testemunha de Jeová
*controlo de risos*
Ele: Vá, podes fazer as piadas todas acerca de bater às portas...

sábado, 7 de setembro de 2013

Bolachas na Lagoa

Sexta coisa impossível. Nunca te esqueças

quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Bolachas como veneno

Sorrindo, mergulhávamos os lábios no veneno enquanto pensávamos que bebíamos o antídoto.
Antídoto - José Luís Peixoto

Bolachas como antídoto

Vivemos rodeados de cemitérios. Aquilo que fomos está enterrado à nossa volta e nunca poderemos saber onde deixámos tudo aquilo que não voltaremos a ver.
Antídoto - José Luís Peixoto

Bolachas no NETPA

Após mil tentativas para ter um horário decente, finalmente lá consegui ter um assim mais ou menos mais pró mais. Olhem que fixe! 
(e tendo em conta que me dividi por várias turmas, fiquei com todos os meus amigos ahaha)

domingo, 1 de setembro de 2013

Bolachas aliviadas

Alívio
placa a dizer "IC19 Sintra"

Bolachas publicitárias

Só para que conste: a minha caixa de comentários não é um sitio para publicidade barata. Todos os comentários são bem vindos, mas se vêm só para fazer publicidade ao vosso blog, mais vale fazerem-no em blogs mais visitados que o meu. Para além que eu só leio blogs parvos. Se me apresentam textos aborrecidos eu páro de ler ao fim de duas linhas.
Beijinhos à família

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Bolachas e os apliques

Discutimos coisas de gajas, roupa, rapazes, pormenores, livros, filmes (...) mas aquilo que realmente choca as minhas amigas é a casa do rapaz não ter candeeiros no tecto, e sim na parede.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Bolachas e as fotografias

Olho para as fotografias expostas no meu quarto e penso "porque é que isto ainda está aqui?", tiro-as e olho para trás, datam 2010. 
Não deixo de as achar boas fotografias, não deixo de lhes perceber o sentido, mas as pessoas mudam, e como crianças que fomos e crescemos, deixam de "servir".

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Bolachas e o antidoto

Amor é uma dedicatória na primeira página do livro de quem nunca escreve dedicatórias.

Bolachas canadianas

Ele: Mas como é que vocês gostam de conduzir carros manuais? Isso não dá jeito nenhum!
Eu: Claro que dá!
Ele: Mas depois não tens as mãos livres para mandar mensagens, atender o telemóvel (...)
A mãe dele: Mas não é suposto fazeres isso enquanto conduzes!

domingo, 18 de agosto de 2013

Bolachas e a conversa

Ele: Vamos ter a conversa
Ele1: Vamos lá então
Ele: É assim, por muito que nós gozemos, ela é a nossa pequena. Por tanto, é para ter cuidado e não a magoares. Se o fizeres, claro que não te vou bater, tu és mais alto que eu, mas fica o toque.
Ele1: Mas vocês são mais.
Ele: Mas compreendes? Que isto não crie atrito nenhum entre nós.
Ele1: Sim, sim, compreendo. Eu faria o mesmo.

Bolachas e o concerto

Percebes que não te calas com o concerto dos A7x quando tanto os teus amigos como o teu namorado te oferecem um bilhete.

sábado, 17 de agosto de 2013

Bolachas e batatas

Dia do meu aniversário de manhã: acho que apanhei uma intoxicação alimentar.
e olhem que nunca tinha apanhado nenhuma.
e não comam batatas fritas nas festas do mar em Cascais. NÃO COMAM.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Bolachas e os condutores sóbrios

Estou a organizar a minha festa de anos. Alguém tem de levar o carro.
Está-me cá a parecer que não vou beber no meu próprio aniversário.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Bolachas, tens cá disto?

Evaristo: E quando é que te vais embora?
Eu: Amanhã.
Evaristo: Não vais não, que eu não deixo!

Bolachas de mostarda

Mostarda é ketchup amarelo.

Bolachas e o Livro

Se namorares comigo dou-te um pombo, cem escudos e um livro.
Livro - José Luís Peixoto
é daqueles livros que se recomenda vivamente.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Bolachas hospitaleiras

Acabada de chegar a Lisboa, vinda de um voluntariado em Barcelos, um senhor muito atrapalhado pede-me ajuda nos comboios. diz-me que vai para o Cacém, estação anterior à minha. Digo-lhe isso mesmo e ofereço-me para o acompanhar. Falamos durante a viagem que durou uns 45 minutos. Não faço ideia do nome dele; nem ele do meu. Isto só prova que não precisas de ir para campos de férias, andar em grupos de jovens, ser católica ou acreditar em fadas para ajudar. Basta olhares com atenção. Basta isso.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Bolachas no café

O café está cheio. eu só tenho internet no café. Isto é tudo família e o caraças e conhecem-me todos de vista. Eu não quero saber de ninguém  juro que por mim estava em Lisboa. E mostram-me coisas giras. Rio-me no café, sozinha. Parece uma perdida e rio-me muito.

sábado, 27 de julho de 2013

Bolachas e a vadiagem

Sonhei que conhecia a mãe dele. 
Ela odiou-me

segunda-feira, 22 de julho de 2013

Bolachas Americanas

Os Norte-Americanos não querem violência nas suas vidas, mas precisam experimentá-la por tabela. Adoram a guerra, desde que não seja no seu território.
O meu país inventado - Isabel Allende

Bolachas capicua

domingo, 21 de julho de 2013

Bolachas e que-raio-de-pontaria-pah!

Como, mas como é que marcam a antestreia do Hunger Games para o MESMO dia que o concerto dos A7x? como?! Têm o mês todo pah!

Bolachas e a bicharada

Ainda acerca da bicharada cá de casa:
A Milady tem autorização para ir para cima do telhado em frente à minha janela. O Dumas - o cão - acha que é uma excelente ideia e vai também. 
No outro dia fechei-o lá sem querer, voltei passado meia hora com ele a babar-me a janela.
(e ele não tem autorização para ir para lá. Não me chamem a protecção dos animais cá pra casa)

Bolachas no armário

Sô dona Milady -a gata - assim que apanha o meu armário aberto trata de se enfiar dentro dos cestos das boinas.
E depois eu não reparo que ela lá está e tranco-a no armário. bonito.

segunda-feira, 15 de julho de 2013

Bolachas escritoras

É uma condição inerente a este trabalho, garantiu; sem o desassossego de se sentir diferente não haveria necessidade de escrever. A escrita, ao fim e ao cabo, é uma tentativa de compreender as circunstâncias próprias e clarificar a confusão da existência, inquietudes que não atormentam as pessoas normais, só os inconformistas crónicos, muitos dos quais acabam convertidos em escritores depois de terem fracassado noutros ofícios. Esta teoria tirou-me um peso de cima: não sou um monstro, há outros como eu.
O meu país inventado - Isabel Allende

Bolachas magras

Quanto mais dinheiro tem uma mulher, menos come: a classe alta distingue-se pela magreza.
O meu país inventado - Isabel Allende

domingo, 14 de julho de 2013

Bolachas a um Sábado

Eu: Eu faço sempre anos a um sábado. de vez em quando calha a um domingo, mas é quase sempre a um sábado.
Ele: Isso não pode ser.
Eu: Estou-te a dizer! Eu faço anos nas férias, em pleno Agosto, é sempre sábado.
Ele: Claro, claro. Vamos ver ao calendário em que dia da semana fazes anos este ano.
(vamos ver. É sábado.)
Eu: Vês? É sempre sábado!

sábado, 13 de julho de 2013

Bolachas atrapalhadas

Eu estou feliz.
E o facto de ficares todo atrapalhado só me faz gostar mais.

Bolachas e as coisas que precisam de entender #1

Coisas que as pessoas precisam de entender:
Há uma coisa fantástica chamada "mensagem privada" no facebook. Não é preciso publicar estados a combinar cinemas/encontros e marcarem os vossos amigos. 

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Bolachas na barragem

Eu: A sério? De livre e espontânea vontade?
Ele: De livre e espontânea vontade.

quarta-feira, 10 de julho de 2013

Bolachas e a color run - nota

Ainda acerca da color run em Lisboa (à qual eu não fui):
Se viram um grupo de parvos com um mega fone a berrar... eram o meu grupo de amigos.
(claro que tinham que ser eles...)

Bolachas ta-nana-na-na

A música de hoje em dia:
versão original
versão 1
versão 2
versão 3

domingo, 7 de julho de 2013

Bolachas e o color run

Color run em Lisboa  a.k.a.  o meu facebook todo colorido com fotos de gente suja.
(deve ser a única maneira de porem os jovens a correr)

Bolachas em VFX

Sabes que a festa foi boa quando vais a uma festa de largadas de touros e não vês nem um.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Bolachas nas limpezas

Acabei de aspirar uma mosca.

quinta-feira, 4 de julho de 2013

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Bolachas e os pixies

Ela: Gostas de pixies?
Eu: Han? Peixes, talvez. Nepia, sou vegetariana.
Ela: É uma banda.

terça-feira, 2 de julho de 2013

Bolachas laminadas

Quando estava a trabalhar na minha maquete precisei do meu bisturi, e de lâminas novas. Tinha uma caixinha cheia delas, mas não as encontrava nem por nada. pensei para mim "quando não precisar delas vou encontrá-las".
Dito e feito. Acabei de as encontrar.

segunda-feira, 1 de julho de 2013

Bolachas Sputnik

Sputnik
Palavra russa para: companheiro de viagem.

Bolachas tão simples

(...) quando a amizade começa a adoecer e a definhar, se serve de uma forçada cerimónia. Na confiança franca e simples não há artifícios.
A tragédia de Júlio César William Shakespeare

Bolachas as tentativas

É impressão minha ou estás a tentar ser uma melhor pessoa?  Pode ser que se tenha feito luz. E ainda bem.

Bolachas a aparo

Há fins que são inícios e há inícios que são fins.
Ela foi sem dúvida o inicio de um fim, e foi maravilhoso, tu talvez também o possas ser.

domingo, 30 de junho de 2013

Bolachas e o 50shades

5 razões pelas quais o 50shades não é assim tão bom.
Escrito pela M
Eu só me dei ao trabalho de ler o primeiro. Queria perceber o porquê de tanto barulho. Não achei nada demais, livros de verão para donas de casa desesperadas. É ler o post ali em cima.

sábado, 29 de junho de 2013

Bolachas nos bastidores

Dos sítios mais sexys de todos: bastidores de um palco.

Bolachas e raios-partam-o-latim

Paixão
Do latim patior: Sofrer, resistir, suportar.

quinta-feira, 27 de junho de 2013

Bolachas to the king

Saiu a nova capa do album dos Avenged Sevenfold - e o título portanto.
O comum dos mortais vai a correr para o youtube, escreve "hail to the king" à espera que apareça alguma coisa acerca do album e repara num que tem como imagem a capa dos Ax7. Clica e  Aparece isto.
Tenho que admitir que fui apanhada. e ri-me bue.

quarta-feira, 26 de junho de 2013

Bolachas a recurso

Tive 14 a projeto. É positivo, é bom (o máximo é 17), mas eu estava à espera de 15.
Agora a dúvida é: Vale a pena ir a recurso - ficar em casa uma semana sem sair e tal - e vir de lá com um 15. Ou não vale muito a pena o esforço?
Opiniões, pedem-se opiniões!

terça-feira, 25 de junho de 2013

Bolachas e as auto-avaliações

Conselhos para a vida: Teres mau feitio ou seres teimosa não são coisas de que te devas gabar. A sério, não é um motivo de orgulho.

Bolachas sarcásticas

Gente que fica ofendida com um comentário sarcástico? deixem-se lá de mariquices.

domingo, 23 de junho de 2013

Bolachas e os Santos - parte II

Problemas de ser de Lisboeta: No Santo António em vez de andarmos a brincar feitos tolos com martelos, temos marchas e casamentos.
Um dia hei-de ir ao São João do Porto ou coisa que o valha.

sábado, 22 de junho de 2013

Bolachas e as festas

Quando eu estou em exames/frequências, toda a gente quer sair e ir a 1000 festas.
Quando eu estou de férias subitamente deixam de poder sair.
Ora bolas

Bolachas e os sonhos

Hoje sonhei que tu me pedias para voltar. 
E também sonhei que encontrava o N. no meu autocarro e riamo-nos muito acerca de concertos. 

sexta-feira, 21 de junho de 2013

Bolachas brasileiras

Se o mundo mágico venceu as trevas, o mundo muggle pode vencer a corrupção!
Que as bolachas estejam com vocês! É bem Brasiu, é beeeem!

Bolachas low

Low, Low, Low.
ah internet...

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Bolachas felizes

1- Não guardes rancor
2- Trata todos com bondade
3- Enfrenta os problemas como sendo desafios
4. Agradece tudo o que tens, e mostra-o.
5- Sonha alto.
6 - Não te preocupes com coisas pequenas
7- Fala bem dos outros, e para os outros.
8 - Não culpes os outros
9 - Vive o presente
10 - Acorda no mesmo horário todos os dias. Faz-te bem.
11- Não te compares aos outros.
12 - Aprende a escolher os teus amigos.
13 - Pára de procurar a aprovação dos outros, mas não sejas idiota.
14 - Aproveita o tempo para ouvir, e aprender qualquer coisa já agora.
15 - Tem relacionamentos saudáveis: não exageres, mas também  não abandones.
16 - Medita. Ou como quem diz: pára e pensa.
17 - Come bem.
18 - Faz exercício, vais sentir-te melhor. A sério.
19 - Vive com aquilo que realmente importa.
20 - Diz a verdade. Mas novamente: sem seres idiota.
21 - Ganha controlo sobre ti mesma
22 - Aceita aquilo que não podes mudar. Mas se vires uma pequena hipótese, luta por ela.


quarta-feira, 19 de junho de 2013

Bolachas e batatas

Eu no 10ºano tinha um vestido muita giro que me ficava muita bem. As minhas mamas cresceram e agora pareço um saco de batatas. 
(e não é de estar mais gorda porque aquilo fecha, e nao aperta. só fica ali com um volume demasiado estranho. ah pah)

Bolachas infinitas

Alguns infinitos são maiores que outros
John Green

Bolachas e as insónias

Tenho apresentação de projeto amanhã. Tenho tudo feito e uma noite de sono fazia-me bem.
O meu cérebro não concorda com isso.

terça-feira, 18 de junho de 2013

Bolachas e a piada

Estava a pintar o meu corte. Fiz uma piada na minha cabeça e parti-me a rir. tanto que tive que parar o que estava a fazer.
Agora que penso, a piada nem tem piada nenhuma. 

Bolachas e a metereologia

Têm noção que está a chover e ainda hoje à tarde um amigo meu foi à praia porque estava calor?

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Bolachas e o silêncio

Odeio ficar calada muito tempo. Já tenho saudades da L.

Bolachas completas

Acabei a minha maquete, só me falta o pormenor e mais um corte se quiser.
Os meus amigos, geralmente muito activos, desapareçam do mapa, provavelmente estão a acabar coisas, o que me preocupa porque nunca que eu deveria ser a primeira a despachar tudo, mas enfim.
Estou cansada. Oiço música e tudo me faz sorrir. estou com aquele mega sorriso pateta na cara por tudo.
Preciso mesmo de dormir decentemente e, apetece-me dançar.
Sinto-me completa.

domingo, 16 de junho de 2013

Bolachas no MasterChef

Ele: Estava aqui a pensar e o exame de projecto parece o MasterChef.
Eu: *facepalm*
Ele (continuando a divagação): Cada um com o seu prato à espera para ir apresentar. depois mostra, explica e ouve os bitaites.
Até faz sentido

Bolachas e a música

A época de entrega de Projeto é sem dúvida a época em que oiço mais música:
Durante o dia oiço a megahits porque musica comercial é boa para trabalhar e dançar ao mesmo tempo.
Mais para o final da tarde, cansada de ouvir sempre a mesma coisa, começo com as voltas ao baú da música comercial do milénio passado. Ao fim de um bocado disso, passo para as músicas a sério e são álbuns inteiros que oiço. Acabo a noite a ouvir coisas calminhas como a Amelie ou então música clássica. Já mesmo no final, acabo por não ouvir nada que já me doí a cabeça de cansaço.
e não me apetece linkar o resto. procurem

Bolachas implicantes

Mas V., porque é que tu não consegues ser feliz?
Ah pois, porque não queres.

sábado, 15 de junho de 2013

Bolachas e o Papa Francis

Saiu a notícia que "o papa disse que português era espanhol mal falado", vi a notícia a primeira vez na página de facebook da Pólo Norte e já havia demonstrações de pessoas que ficavam tristes com o assunto, mas nada de mais até aqui,  passado um bocado vi a mesma notícia numa página de "humor" cheia de comentários a dizer que o papa era estúpido, que estúpidos eram os católicos e eram todos ignorantes e por aí para a frente.
A quem se der ao trabalho de ler a notícia, percebe que o papa estava a brincar com Durão Barroso, mas como o povo português gosta é de arraial, vai só pelos títulos. e os jornalistas aproveitam: distorcem aquilo que alguém diz só ao ocultarem NO TÍTULO que era a brincar.
Odeio jornalismo mal feito.

Bolachas no Netpa

Durante o semestre todo não consegui entrar no meu netpa (plataforma online da minha faculdade).
Ontem consegui finalmente.
Hoje já não consigo outra vez.

sexta-feira, 14 de junho de 2013

Bolachas apagadas

Acabei uma borracha.
Não foi ficar pequenina e perde-la ou deixar de a usar, foi mesmo... acabar. Finito. The end
Apagada da história.

Bolachas e Biscoitos

Bem vinda biscoita. Tens um nome bastante adorável, mereces um olá personalizado.

Bolachas desnecessárias

Ninguém precisa de pessoas más.

quinta-feira, 13 de junho de 2013

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #54

A beber todos os santos ajudam.

Bolachas e os Santos

Fui aos Santos populares e estranhei não encontrar ninguém da faculdade (porque estamos em época de exames mas aquela gente é toda das festas). Já percebi o porquê: andavam todos malucos no concerto da Ana Malhoa, coisa que eu evitei.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Bolachas e materiais

Acreditam se eu disser que tive a nota mais alta da minha turma na frequência de materiais?
Caramba que eu percebo de pedras!

houve uma que teve mais 0.5 que eu. E, fomos as notas mais altas do ano. oh, orgulho em mim própria :3

Bolachas e as diferenças

A diferença entre nós e pessoas de outros cursos
outros cursos: Tenho um telemóvel novo!    *inveja*
nós: Tenho uma mesa de sala de jantar de vidro no meu quarto!   *inveja*

terça-feira, 11 de junho de 2013

Bolachas e eu-só-não-conheço-um-mas-é-giro

(facebook: o M. publica uma montagem de fotos parvas)
descrição do M.: Post sem interesse nenhum, só para apimentar o meu feed.
comentário do T.: LOOL, QUE GAY!
comentário do R.: wtf? que gaaay!
comentário do P.: É bem meu puto! "euxinho em kasa xem nada pra faxer"
comentário do M. em resposta: esta filinha de comentários, numa só imagem!

Eu tenho amigos tão parvos ahaha

segunda-feira, 10 de junho de 2013

Bolachas Bolachas

As páginas de casais acabaram de atingir um ponto extremo: páginas de gémeos!
Nota: eu nao os conheço, temos amigos em comum e apareceu-me no mural. Achei piada, só isso. Não tenciono ofender ninguém. É só... incomum.

Bolachas em alçado

Está tudo bonitinho e alinhado, excepto a porcaria das janelas que não estão a bater certo.
Not funny.

Bolachas e o Cássio

Aquele Cássio (...) pensa demais. Homens assim são perigosos.
A tragédia de Júlio César - William Shakespeare

Bolachas e o Julinho

Há sempre um momento em que o homem é dono do seu destino.
A tragédia de Júlio César - William Shakespeare

Bolachas e o Gabriel

Não há pior desgraça do que morrer só.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Márquez

Bolachas e eu concordo

É impossível não acabar sendo como os outros julgam que somos.
atribuida a Júlio César

Bolachas poéticas

(...) morrer de amor não passava de uma liberdade poética.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Márquez

Bolachas e os ensinamentos

Porque o amor me ensinou demasiado tarde que nos arranjamos para alguém, nos vestimos e perfumamos para alguém, e eu nunca tinha tido para quem.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Márquez

Bolachas e sexo

O sexo é o consolo de uma pessoa quando lhe falta o amor.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Márquez

Bolachas e a fama

Fama 
Senhora muito gorda que não dorme connosco, mas quando acordamos está sempre a olhar para nós em frente da cama.
baseado em Gabriel García Marquez

sábado, 8 de junho de 2013

Bolachas Patrícias

Conclui que há muitas Patrícias por essa blogosfera fora. Eu leio 3, que eu saiba.
Bom dia Patrícias do mundo.
Só para ficar registado

Brulachas

E eu quase que podia jurar que no  fundo dos teus olhos eu vejo arrependimento quando olhas para mim.
Porque eu apareci na altura errada e agora é tarde demais.

quinta-feira, 6 de junho de 2013

Bolachas e skins

Acerca de skins - spoiler alert - tenho a dizer eu já estava danada por causa da morte do chris. Chris meu carocho lindo, chris do meu coração que ia ser feliz com a Jal and have babies and cenas. E tipo.. a morte dele... deixou-me triste. Foi bem encenada, bem pensada, não foi algo do nada, teve lógica e até chorei.
Agora... a morte do Freddie foi estúpida, foi do nada. Não gostei tá? Ele era bonito e eu por mim dava umas voltinhas com ele e tipo... ele nem era queimado de todo, era um bacano e gostava bue da Effy. A sério, mas mesmo a sério que ele tinha que morrer como se aquilo fosse um filme de terror? Ele merecia mais. Foi mesmo "meh, que treta." .
E já sei que na próxima geração também me vai morrer um bonito. Vocês gostam de me matar os bonitos é o que é....

Bolachas loucas

Os loucos mansos adiantam-se ao futuro.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Márquez

Bolachas Márquez

Cuidado, sábio, nessa casa matam. Respondi-lhe: Se é por amor, não importa.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Marquez

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Bolachas e o jantar

Ele: (...) Se der para o torto e ele te magoar, estou cá eu para lhe dar porrada; Se tu o magoares a ele, estou cá eu para te apoiar; E se resultar, estou cá eu para ir comer a vossa casa.

Claro que tinha que haver comida envolvida nos teus conselhos.

Bolachas e os dilemas de uma vida

Dilemas de uma vida: 
1- Apago pessoal da minha secundária com quem nunca falei na vida - e que nem iam dar conta que eu os tinha apagado - e que adicionei porque "ah, é da Leal eu devo conhecer e não me lembro" .
ou
2- Deixo-os andarem por lá para me poder rir das figuras que esta gente faz para a câmara ?

terça-feira, 4 de junho de 2013

Bolachas e a piscina

Não me apetece fazer projecto e estou com um bloqueio de criatividade.
Para além disso acabaram-se as minas 0.5
Desculpas Sofia... só desculpas...

Bolachas e a moral

A moral também é uma questão de tempo, dizia com um sorriso maligno, tu verás.
Memória das minhas putas tristes - Gabriel García Marquez

MacBolachas

Não há arte que ensine a ler no rosto de alguém a sua mente.
Macbeth - William Shakespeare

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Bolachas ainda

(...) Todos queremos apaixonar-mo-nos na vida e viver com essa pessoa, eu não sou diferente, apenas não tive essa sorte ainda.
André, no seu discurso desesperado e que me levou às lágrimas

domingo, 2 de junho de 2013

Bolachas e a geometria

Tivemos a mesma nota no trabalho e tive mais que tu no exame. Tu estás online e apetece-me ir esfregar-te isso no focinho.
Que civilizada que eu sou.

sábado, 1 de junho de 2013

Bolachas e a Lua cheia

Quando a Lua cheia aparece, deuses e monstros saem para brincar.

Bolachas Leviosáááá

Coisas giras por essa internet fora. ou como eu sou fã de harry potter

Bolachas e a sesta

Estando de "férias" Sofia Bolacha decide fazer uma sesta ao serão.
Acordei à 1h30 da manhã e agora não consigo dormir... Olha que raio...
e pior! Tudo me cheira a caril valha-me nossa senhora. e eu nem comi caril nem coisa do genero

sexta-feira, 31 de maio de 2013

"Bolachas"

"férias"
Agora vou só ali repor o sono que perdi estas 2 semanas

quarta-feira, 29 de maio de 2013

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Bolachas e a frequência

Sabes que não fazes ideia do que escrever num teste quando começas a olhar para as outras respostas e a corrigir os erros ortográficos e a riscar palavras porque a letra não ficou bonita.

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #53

Pandora: Sabe... era amor...
A mãe da outra: Amor? Bem.. isso é uma grande palavra!
Pandora: Não é nada.. só tem 4 letras!
skins

domingo, 26 de maio de 2013

Bolachas em Sintra

Eu vivo num conto de fadas.
(de certeza que o senhor andou de comboio num Domingo ou num Sábado)

Bolachas e a sorte

Sim, podes crer que és um sortudo.

Bolachas dealers

Esta noite sonhei que conhecia um grupo de japoneses e eles me convidavam a ir ao Japão.
Entrei no autocarro com eles, pronta para viajar, e conclui que não tinha dinheiro para o bilhete de avião.
O que é que eu faço para conseguir dinheiro? Vendo droga ao triplo do preço.
Tenho uns sonhos tão inspiradores...

sexta-feira, 24 de maio de 2013

Bolachas e o dicionário

Animus
espírito; coragem; paixão, ira;

Bolachas e tu és mesmo poeta

Os poetas são sensíveis, têm a vaidade à flor da pele.
O Sumiço da Santa - Jorge Amado

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Bolachas e as divisões

Acabei de dividir 5 por 2 e deu 3,5.
*facepalm*

terça-feira, 21 de maio de 2013

Bolachas e os segredos

Era bom ter segredos. Era bom as pessoas não saberem tudo a meu respeito.
O fim da inocência - Francisco Salgueiro

Bolachas de whisky

Eu, rouca de nascença e com uma voz sexy pra xuxu, hoje acordei com a garganta como se tivesse andado a noite toda a emborcar whiskys, e dormi a noite toda.
Só para ficar registado

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Bolacha e os candeeiros

Ela: Vocês estão a falar sobre o quê?
Eu: Candeeiros.
Ela: Candeeiros?!
Eu: Epaaaah, a conversa fluiu tanto que foi parar a candeeiros, não tenho culpa!

domingo, 19 de maio de 2013

Bolachas em Cascais

Não sei bem quem terá inventado que dinheiro é sinal de filhos sem esqueletos no armário.
O Fim da Inocência - Francisco Salgueiro.

sábado, 18 de maio de 2013

Bolachas e o Heavy Metal

A tua sorte é existir heavy metal para que eu possa dispersar toda esta vontade de te matar.

Bolachas TBBT

There, there
Is that it, sheldon?
Yes, that's it
Peço desculpa, eu hoje não consigo melhor.

Bolachas e eu vou para o telhado

Lógica da minha de mãe:
Vou para a sala: estás sempre na sala, não fazes nada, mimimi
Vou para o quarto (único sitio onde tenho um estirador e coisas da escola): estás sempre no quarto, não te Vejo em mais lado nenhum, só vives no quarto, mimimi
Sendo que o escritório "é dela" e na cozinha há demasiado movimento para eu me concentrar, eu pergunto: Será que ela quer que eu trabalhe na casa de banho?

Bolachas e eu-vou-aplaudir

"Amigos da faculdade são para sempre" até ao dia que eles descobrem o que tu fizeste aos teus amigos para sempre do básico e do secundário. Até ao dia em que eles descobrem o quão cabra e traiçoeira tu és. Até ao dia que tu deixas de estar na turma deles e achas-te superior e então estás no teu pleno direito de rebaixar.
Eu estarei aqui para bater palmas no final.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Bolachas na FAUTL

É triste começar a achar que a teoria que diz que "70% dos rapazes da Faculdade de Arquitetura são gays" é verdade.
São números bastante assustadores...

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Bolachas na aula de história

(a jogar snooker no ipad dele)
Ele: Isto tem efeitos, pontaria para a direita e faz tabela ali e coiso e tal e batatas.
Eu: OHHH, ISTO DÁ PARA ESCOLHER A COR DO TACO!
Mas ganhei, claro que ganhei.

Bolachas desarrumadas

Bolacha Sofia em... a importância de ser arrumada
Hoje perdi o comboio porque o meu passe não estava no sitio certo. Perdi 15 minutos da minha vida porque hoje de manhã fui desleixada.
Sinceramente

terça-feira, 14 de maio de 2013

Bolachas trajadas

Coisas que vão passar a constar do meu CV: drunksitter

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Bolachas e coisas fascinantes

O ar de horror das pessoas assim que eu lhes explico os meus horários.

domingo, 12 de maio de 2013

Bolachas de design

Há um rapaz lá na faculdade que postou uma fotografia em que em cima da mesa, lá ao fundo, tem o 50 shades of grey.
(e ninguém nos comentários deu conta disso)

Bolachas e as partilhas

Aqui não se aprecia freneticamente futebol. Aqui é-se do sporting. E um bocado do Braga. E do Gil Vicente vá. Aqui não se gosta do Benfica, é verdade, mais por embirração e porque adoro chatear os meus amigos. Acima de tudo aqui partilha-se boas opiniões e textos bem escritos. Façam favor.

Bolachas confortam meninas

Casa é quando fechamos os olhos e ouvimos harmonia.

sábado, 11 de maio de 2013

Bolachas e os casacos alheios

Eu tenho frio. Um rapaz que por lá andava empresta-me o casaco dele. Eu aceito e vou tratar duns assuntos. Quando volto o rapaz já se tinha ido embora, sem o casaco. Eu, num acto de boa fé,  mando-lhe mensagem para o facebook a perguntar se quer o casaco de volta porque eu não tenciono começar um contrabando de casacos. O moço vê (avé facebook que diz quando as pessoas vêem) . O moço não responde.
Alguém quer um casaco ?
Afinal já não, o rapaz lá se decidiu em aparecer xD

Bolachas na cozinha

Das coisas mais irritantes do mundo: estares de ressaca e cheia de fome e, teres uma visita chata na cozinha.
É que nem me levantei assim que percebi quem era.

quinta-feira, 9 de maio de 2013

Bolachas e o nó da gravata

Problemas de estudantes prestes a trajar: como raio é que se ata uma gravata?

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Cookies Mad

Be mad, be completely mad.

Bolachas e o meu novo amor

Acabei o Sputnik, meu amor. Apaixonei-me entretanto: os grandes autores têm uma maneira especial de esquivar-se à descrição de amor, Murakami não faz isso. Ele descreve-o de tal forma que eu própria me apaixono, por ele, pelo narrador e pelo resto das personagens. Escrita leve - eu esperava uma coisa chata de ler - li o Sputnik com um prazr que à muito tempo não tinha por ler. 
Em realção ao final - spoiler, spoiler! - eu estava triste porque queria um final diferente. Fiquei feliz quando o meu final imaginado aconteceu. 

Bolachas e a criatividade

- O que importa aqui - murmurei para mim mesmo - não são as grandes ideias que os outros tiveram, mas as pequenas coisas que só a ti ocorrem.
Sputnik, Meu Amor - Haruki Murakami

Bolachas desesperadas

Eu choro. Ela chora . Metade de nós chora de desespero por já não saber para onde se virar. Eu preciso de ajuda e tu desapareceste-me. Não sei o que fazer.

terça-feira, 7 de maio de 2013

Bolachas e as 5 da manhã

Mais estranho do que receber pedidos de amizade de gente que nunca vi mas que temos milhões de amigos em comum, só mesmo receber esses pedidos às quase 5 da manhã.

segunda-feira, 6 de maio de 2013

Bolachas e ainda das festas

Oh, ainda acerca do post anterior: clicar aqui e aqui.
E aquele pato já se tornou uma piada de amigos...

Bolachas e programação dos próximos tempos

Passo semanas sem ter o que fazer. Quando a semana de frequências está a chegar, quando tenho o trabalho de história, materiais e geometria para fazer, é que:
1.Tenho um encontro super fixe em Sintra que já desmarquei e não volto a fazê-lo.
2. O colega de casa de um amigo meu vai de férias, logo o outro quer fazer um jantar. Álcool até às 2 da manhã que é quando ele nos vai mandar calar se não a polícia volta a fazer-nos uma visita.
3. O meu primo, dois amigos meus e um amigo deles decidem abrir uma produtora de eventos e fazem a primeira festa. Uma grande festa. Uma festa brutalíssima à qual não posso faltar porque eu sou a menina deles. (não sou, mas podia). Álcool a noite toda.
4. Vai começar a semana académica. Álcool a semana toda.
5. Vou traçar a capa. Álcool o dia todo
6. A minha faculdade decide fazer uma festa. Álcool a noite toda e com sorte aquecimento antes disso.
E não querem que a faculdade faça mal a uma pessoa...

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Bolachas aplicadas

Eles: Ahhh, vamos a Sintra. Queres vir? Vamos só ter com uns amigos e ficar lá um bocado...
Eu: Deixa estar, vou para casa fazer o trabalho de história.
(e são 11 da noite. Sou ou não sou uma menina aplicada?)

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #52

"ESTOU DEPRIMIDAA!"
10 likes na publicação da menina.

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Bolachas, meu amor

Não será que até as coisas inúteis têm cabimento neste mundo longe-de-ser-perfeito?
Sputnik, meu amor - Haruki Murakami

quarta-feira, 1 de maio de 2013

Bolachas Sonâmbulas

O destino o que é senão um embriagado conduzido por um cego?
Terra Sonâmbula - Mia Couto

Bolachas e o susto

"(...)explosão em praga fere estudantes (...)" 
levantei-me depressa para ir ver a noticia no telejornal. 
Leio e respiro de alivio: eu não tinha percebido praga.

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Bolachas e as coincidências

Eu nunca tinha ouvido falar em murakami. Eu vi-o numa lista qualquer dos melhores livros do mundo. Eu comprei o Sputnik, meu amor. De repente toda a gente começa a ler murakami.

Bolachas de cerveja

Ele: Vou amanhã para a Angola, uma semana. E por causa das doenças que lá andam agora não posso beber água.
Eu: Oh, bebes água engarrafada...
Ele: 'Tás maluca?! Eu vou é beber cerveja!

domingo, 28 de abril de 2013

Bolachas no inferno

prometo deixar-te num inferno puro
já nem sei onde vi isto, mas gravei-o nos rascunhos. é bonito.

sábado, 27 de abril de 2013

Bolachas rainbow

(ele e ela estão numa relação "amigos coloridos")
Ele: Bem.. e ela já me disse umas duas vezes que gostava muito de mim. E perguntou "como é que estávamos"...
Eu: E tu respondeste...
Ele: Epah, eu não percebi ao que é que ela se referia! Só percebi quando falei com o L. e ele me explicou que ela queria saber se era sério ou não!
Eu: Tu és tão burro...
E provavelmente disse-lhe que "estamos bem", no sentido que não está de chuva... 

Bolachas em sangue

sabes que estás realmente concentrada quando estás a esvair-te em sangue e nem dás conta.
x-acto pra'qui
x-acto pra'colá
e sangue, sangue everywhere

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Bolachas e o dudu

Das coisas estranhas: quando alguém mete like num comentário que tu fizeste à... 2 anos atrás.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Bolachas e a praia

Os meus amigos do facebook estão todos malucos que hoje foram à praia.
E eu aqui a trabalhar para projeto...
MAS EU FUI À PRAIA NA SEMANA PASSADA, TOMEM LÁ!  

terça-feira, 23 de abril de 2013

Bolachas e a dor de cabeça

Somos todos criações da nossa cabeça. Digo isto enquanto espero pelo comboio, atrasado como sempre. A minha cabeça lateja enquanto vejo as coisas a andar a roda e concluo que isto não passa tudo senão de um sonho. que a minha vida é um sonho. que toda esta azáfama da troca de comboios, das correrias e dos gritos que preenchem esta estação, é toda ela um sonho. é toda ela irreal. que vivemos numa bolha, na nossa própria bolha: daquelas que faz POP se lhe tocares com falta de jeito. Se viveres à bruta e depressa. que a vida é instável e não a podes decidir. Talvez devas deixar-te ir com a corrente, deixar que o quotidiano te embale. Mas não te esqueças, é tudo um sonho.
Chegou o meu comboio; vou-me deixar levar.

segunda-feira, 22 de abril de 2013

Bolachas e a confiança

Te dou um conselho: não confies em homem que não sabe mentir.
Terra Sonâmbula - Mia Couto
Ainda pensei no sentido que isto  pode fazer ou não. Para mim faz todo o sentido. Se confiares em alguém que  só diz a verdade e lhe perguntarem coisas sobre ti, ele não vai ser capaz de mentir e aí tu lixas-te. à grande.

domingo, 21 de abril de 2013

Bolachas with jam

Às vezes pergunto-me: porque é que tudo aquilo que eu crio online está ligado com comida?
É ver pessoas, que eu não volto a falar disto.

Bolachas e materiais, antropologia, história (...)

Ser estudante é: ter tanta coisa para fazer que acabo por não fazer nada.

quarta-feira, 17 de abril de 2013

Bolachas a tchilar

(deitados ao sol a tchilar bué)
Ela: Se tivesse aqui o diário gráfico até fazia um desenho...
Ela 2: Eu também me esqueci.
Ele: Realmente... eu também.
Eu: Por isso é que eu não trouxe o diário gráfico.

Bolachas com bagagem

-Quem não tem amigo é que viaja sem bagagem
Terra Sonâmbula - Mia Couto

segunda-feira, 15 de abril de 2013

Bolachas and the heaven

everybody wants to go to heaven, but nobody wants to die
Bring me the horizon

Bolachas nesta morada

Não me limito a ser levado pela corrente. Deixo para trás a vida inútil, feita de palavras sem nenhuma realização. (...) Sou um homem porque ajo. Antes disso não passada de uma voz.
Desconhecido Nesta Morada - Kathrine Kressmann Taylor

Bolachas no castelo de cartas

"Atrações físicas há muitas, ligações mentais há poucas" 
Talvez por isso que te encantas por quem não vês, porque é tudo puramente espiritual. Só estás porque queres, não porque vês essa pessoas todos os dias. E é por isso que a distância ajuda e destrói relações. Ajuda quem tem ligação de alma, destrói aqueles que viviam da presença física.
Volta quando quiseres. É mental, não somos um castelo de cartas.

sexta-feira, 12 de abril de 2013

Bolachas para a Dora

O meu livro preferido é "os capitães da areia" de Jorge Amado. O ano passado fizeram o filme e... eu não quis ver. Tenho medo que arruine a minha Dora loira e o meu Bala loiro também, porque assim os descreveram. Tenho medo que cortem a parte linda que é o carrossel ou o amor do Sem-Pernas pela mulher rica, e a sua consequente vingança. Tenho medo de perder a imagem imaginária que eu tenho de cada um deles.
Finalmente decidi-me que não me podem fazer isso. Que a Dora de cabelo comprido, loiro, calças curtas e túnica branca, será sempre a minha Dora imaginária e nao a miúda sem graça que me disseram que faz o papel.
Vou ver o filme agora, desejem-me boa sorte.

Nota: Deus não quer que eu veja o filme. Fez-se entender ao colocar o "chovem almôndegas  em vez do filme suposto lá no site. Aqui respeita-se a vontade dos deuses então.