quinta-feira, 18 de outubro de 2012

Bolachas desajeitadas

Eu digo-te que preciso de atenção. Não que quero, mas que preciso. E tu, ainda que de uma maneira insípida, desajeitada, bruta e insensivel, dás-ma. E distrais-me nem que seja por estarmos numa mini discussão idiota porque tu és um complicado do caraças e ainda queres por as culpas em mim. distrais-me.
E eu não sei se é de proposito ou não. Mas funciona. E irritas-me. E depois deixo de estar irritada. E fico triste. e depois irritada. E depois outra vez bem. E distraida. E funciona. E eu não sei se é de proposito ou não.
E no final apanhei uma valente constipação. 

2 comentários:

  1. Desajeitado está este texto, credo. Tantos "E" seguidos O.O Nem parece que tive português! (mas não me vou dar ao trabalho de trocar isso agora)

    ResponderEliminar

Dá aí a tua opinião