sábado, 30 de junho de 2012

Bolachas a ensinar

Conselho aqui da Manteiga:
Se tencionas acabar com alguém e queres que isso não aconteça via telemóvel/chat, acredita que dizeres "precisamos de falar, mas só pessoalmente" não é uma grande ideia. 
Achavas que eu ia ficar como? Toda alegre e contente a pensar: "oh, ele quer falar muito a sério comigo mas só pessoalmente logo deve ser para me contar algo super normal..." ? 

sexta-feira, 29 de junho de 2012

Bolachas O.O

Quando dizes que precisas de falar comigo e não me atendes o telemóvel é que eu percebo o quanto já gosto de ti.

quinta-feira, 28 de junho de 2012

Bolachas portuguesas

Para toda essa gente que reclama com o nosso patriotismo em relação ao futebol: nós ao menos temos algum. Nós ao menos temos orgulho na nossa nação, mesmo que só a demonstremos em campeonatos. Eu vi todos os jogos de Portugal este euro, eu acreditei que podíamos ir à final, eu acreditei que o Paulo Bento ia ser inteligente e por o Varela a jogar mais cedo, eu até acreditei que o Postiga tinha acertado com a baliza! (embora só depois da repetição). Eu acreditei nessas coisas todas e vocês que só sabem criticar acreditaram no quê? Ahh, bem me parecia.
E não me venham cá com mariquices que "ai Portugal ganhou as corridas dos deficientes". Minha gente, isso é comparar batatas com tomates: ambos ficam bem na salada, mas não têm anda a ver um com o outro. E, vocês acham mesmo que alguém iria parar num canal em que se fizesse uma reportagem de 2 horas sobre isso? Aliás, VOCÊS FARIAM ISSO? não! Portanto, deixem de dizer coisas só porque é bonito.
E já agora: eu sou daquelas que me arrepio toda com o hino nacional

terça-feira, 26 de junho de 2012

Bolachas à letra

Não curtiste de ouvir aquilo que me dizes mas ao contrário? oh.. que chatice !

Bolachas de férias

Férias? Férias. FÉRIAS!

sábado, 23 de junho de 2012

Bolachas e a palhaçada

Bem me pareceu estranha a conversa dele de ontem: para além de ter passado imenso tempo, ele nunca foi rude comigo. E quando digo nunca é nunca mesmo (nem com ninguém diga-se de passagem). Ele é das pessoas mais bem educadas que já conheci e dificilmente viria falar comigo naqueles modos. 
E hoje, quando tu me disseste que estiveste em casa dele ontem à noite eu não tive dúvidas que fosses tu a gozar comigo em nome dele. Custa-me admitir mas é a verdade. Não seria a primeira vez que tu gozavas comigo e para além de que tu não aprovas o meu namoro com o A. 
O que já por si está mal, porque estavas, mais o outro, a tentar me lixar, a tentar arranjar confusão, a tentar.. epah, sei lá, que cena mais estúpida pah. Mas adiante, pior do que isso tudo (e é mesmo nojenta a vossa atitude) foi terem ido falar com o A.P.! A sério, isso é que me tira mesmo do sério! Era pra quê?! Para ver se ele sabia?! Para ver se eu lhe mentia?! Para ver o que oh meus palhaços?! 
Não se faz, não se faz mesmo. Custa-vos assim tanto ver-me feliz?

Bolachas e a fruta

Seis meses! Passaram-se seis meses sem que tu me dirigisses palavra. Eu também não o fiz é verdade, mas isso nunca foi um problema porque não fui a correr atrás de ti depois. Nós acabámos amigos depois da tampa clássica "não és tu, sou eu", logo ali no dia 2 de Janeiro que é para começar bem o ano.
Seis meses que tu nem um ai disseste! E agora que eu namoro, agora que eu estou feliz, decides simplesmente que te apetece brincar mais um bocado? Decides que eu fui "a única relação que não foi um erro" e que "tínhamos muito em comum".? Decides que "devias ter esperado por mim
A sério?
O fruto proibido é o mais apetecido

sexta-feira, 22 de junho de 2012

Bolachas e a miúda do shiuu

Nota: Eu também vi o post da miúda estúpida do shiuuu, e também me preparei para escrever sobre isso, mas ao que parece já vou tarde*! 
Não se faz minhas meninas, NÃO SE FAZ! 
Cá agora.. tirar-me as ideias... pffff   
(ahahah)


*
da Isabel
da Lia
da S Maria

J'adore Bolachas

1º Dizer que mo ofereceu: (check!)
A menina Lia


2º As melhores coisas que me aconteceram em 2011:
Tornei-me muito chegada de alguém importante.
Livrei-me de ti! E hoje percebo que foi a melhor coisa do mundo.
Eu fui à Holanda e cumpri o meu sonho de criança.
E na verdade 2011 foi um ano em cheio que me aconteceram montes de coisas fantásticas. Montes delas


3º As minhas expectativas para 2012:
Eu mantenho as expectativas baixas que é para não haver cá desilusões, é simples. E até dizia algo cliché tipo "ser feliz" mas.. eu já sou, e cada vez mais. E para além de que o ano já vai a meio (é verão meus amigos. V-E-R-Ã-O). Mas vá... tenho expectativas de entrar na faculdade, que tal? 


4º Indicar 5 blogs que eu adore ler:
Eu leio muita coisa, mas tenho consciência que metade deles não faz estas brincadeiras, e eu sou uma envergonhada (nem por isso), mas coiso.

quinta-feira, 21 de junho de 2012

Bolachas LIKE!

Não estou habituada a que me dêem explicações nem satisfações. 
Mas... oh! Como eu gosto deste novo mundo brilhante e colorido que é o de se preocuparem comigo!

Bolachas em exames #9

Eu passei a geometria descritiva. Fui a exame com 14, tirei 12 e fiquei com 13. 
Não é mau pensam vocês, pois não é não, mas podia ser melhor. Daí que este ano decidi repetir o exame convencida que se estudasse isto seria melhor que o ano passado. Pois bem, não tive aulas de GD um ano inteiro porque não tinha horário mas comecei a estudar antes de acabarem as aulas, eu sabia que em uma semana nunca iria conseguir. Pois, pelos vistos em 3 semanas também não é que... sabem... há coisas que parecem estar bem e não estão. E eu já estou farta de geometria porque, apesar de gostar, há coisas que já não me fazem sentido porque eu não-me-lem-bro, e isso chateia-me. E tenho noção que andei aqui a perder tempo a estudar uma coisa que afinal nem me vai servir de muito.
Então.. e agora? Não vais a exame?
Vou pois! Pode ser que saia coisas fáceis e eu suba, mas uma coisa vos garanto: eu não vou a 2ªs fases. Primeiro porque eu já passei à disciplina e não estou pra me chatear muito, segundo porque eu abomino 2ªs fases. Não, não é chamar de burros a quem vai, até porque muitos vão só para fazer melhoria e sabem bem mais do que eu, só não gosto. Nunca gostei. E a ideia de entrar na faculdade em 2ª fase também não me é muito agradável, não é não. Para além de que me esforço muito para conseguir passar a tudo à primeira. 
E, em jeito de conclusão: Querem ver como a minha nota de geometria vai ser uma bela treta? 

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #41

"Dos criadores de Semana dos exames vem aí: Toda a gente em pânico"
estado do FB dum conhecido

Bolachas Mestres

Diz-me cá... o que é que te deu para, volvidos 3 anos desde que eu tive aquela pancada estúpida e sem sentido por ti, tu decidires voltar a dar o ar da tua graça todo fofinho e querido? 
Explica-me lá isso.

terça-feira, 19 de junho de 2012

Bolachas e a geometria

"Represente um cilindro oblíquo de bases circulares (...)"
num site qualquer de geometria descritiva
Juraaaaa! Não pode ser ! Jurava que cilindros tinham bases triangulares!

Bolachas distraidas

Uma pessoa põe-se a ler blogs desde o ínicio e balda-se ao estudo da manhã. olha que coisa hem ?

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Bolachas e as coisas bonitas que me dizem

Que faz uma coisa tão bonita com uma cara dessas*?
*cara de quem saiu desesperada do exame

Bolachas e as músicas de amor

Ele: Quando eu for tocar guitarra pra ti não toco musicas de amor, toco Metallica.
Eu: Exatamente
Ele: Wherever I may roam
Eu: EXATAMENTE
Ele: Que awesome +.+

domingo, 17 de junho de 2012

Bolachas e "não é nada de mais"

Eu: Lembras-te quando estávamos em Lisboa e tu deste as tuas batatas fritas a um homem que estava lá?
Ele: Lembro-me.
Eu: Foi bue fofinho da tua parte. Fiquei bue surpresa, mas foi bue fofinho.
Ele: Oh, não foi nada de mais.
Eu: Tudo é sempre algo demais quando mexe com a vida de alguém.

Bolachas de CocaCola

Porque ainda há boas pessoas no mundo e eu derreto-me com este tipo de vídeos.
A Coca-cola sabe fazer anúncios.
Video roubado descaradamente do blog da isabel :D

sábado, 16 de junho de 2012

Bolachas com um chapéu

That awesome moment
quando percebes que agora sim, ele é só mais um amigo de quem gostas muito e só isso. 

sexta-feira, 15 de junho de 2012

Bolachas em exames #8

Eu . Estou . Tão . Cansada .

quinta-feira, 14 de junho de 2012

Bolachas la la la NÃO

Oh que querido... fazes-me chorar que nem uma perdida e nem me pedes desculpa e agora vens todo fofo me pedir para sair à noite contigo. 
La la la, NÃO. 

quarta-feira, 13 de junho de 2012

Bolachas de limão

Se a vida te der limões...
FICA COM ELES! É sempre fixe receber cenas grátis!

Mi Bolachas

(no decorrer duma conversa idiota)
Eu: Uga uga, mi tarzan, tu jane! naaaao, reformulando:  Eu jane, tuuuuu tarzan!
Ele: Mi ter beast abs então +.+
Eu: Abs? Mas isso não são travões do carro?
Ele: Abdominais -.-

EuroBolachas 2012

Sempre reclamaram que os portugueses eram um povo nada positivo, que quando nos perguntavam se estava tudo bem respondíamos"Vai-se andando". Tudo isto tem uma razão de ser: sempre fomos um povo habituado a sofrer, quer fosse sob o domínio dos espanhóis, ingleses ou franceses. Quer fosse no nosso povo que partiu e deixou saudades quando foi em busca de novas terras. Ainda hoje em dia somos um povo  sofrido...
É ATÉ AO ULTIMO MINUTO A SOFRER, MAS VALE A PENA.
E eu só não chorei com o golo do Varela porque estava muita gente presente.

E como o meu pai diz: Cada final de jogo em que ganhamos, parece o final do Euro tal é a festa!

Bolachas enlouquecidas

"Imaginação é a memória que enlouqueceu"
Mário Quintana

Bolachas no Rossio

Santo António não é verdade? Olha que coincidência...

terça-feira, 12 de junho de 2012

Bolachas a atormentar

Após tanto tempo saber que ainda te atormento o espírito é das coisas mais reconfortantes que me podem dizer. Oh minha amiga... e essas indiretas que tu mandas... oh não me atacam propriamente, até me divirto de certa forma. 
Mas sem dúvida que a cereja no topo do bolo foi saber que mesmo sem ser de propósito, eu ainda te persigo.
That's karma honey, karma.

segunda-feira, 11 de junho de 2012

Bolachas contra o abandono

Eu participo nesta campanha, e tu? Vais abandonar o teu blog nas férias?
Mais informação aqui.

Bolachas e o pastor

Sabes que estás a estudar demais quando letras destas te parecem falar sobre droga.
.
Ai que ninguém volta
Ao que já deixou
Ninguém larga a grande roda
Ninguém sabe onde é que andou
.
Ai que ninguém lembra
Nem o que sonhou
Aquele menino canta
A cantiga do pastor
.
Ao largo 
Ainda arde
A barca 
Da fantasia
E o meu sonho acaba tarde
Deixa  alma de vigia
Ao largo 
Ainda arde
A barca 
Da fantasia
E o meu sonho acaba tarde
Acordar é que eu não queria
O pastor - Madredeus

Bolachas e a violência

Comédia romântica? oh pra ti .|. e tu devias torcer para eu ser feliz, não dizer-me que nunca irá resultar. Depois admiraste do porquê de eu ter vontade de te atirar contra uma parede repetidamente e com muita força. 
Eu vou ser feliz, e o facto de tu estares contra só me incentiva a ser ainda mais e a teimar com isto. Porque eu vou seguir em frente e lá porque tu és um idiota, eu não tenho nada a ver com isso.

domingo, 10 de junho de 2012

Madrebolachas

Após anos e anos de estudo, finalmente descobri a banda sonora que devo usar: madredeus.
É calminho e como não conheço as músicas assim muito bem não me distraio a cantar.

Bolachas e.. estás?

É que, à parte de tu andares chateada com a vida e tudo o que te rodeia, eu ainda não percebi se tu estás chateada comigo ou não.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Bolachas em exames #7

Querido gave, explica-me porque raio é que não publicas de forma fácil e visível as matrizes dos exames. Explica-me isso.
(está oficialmente aberta a nova época de exames neste blog)

quarta-feira, 6 de junho de 2012

Bolachas e as histórias

"Eu sou aquele que te transtornou mais, e tranformou também"
Talvez, talvez até sejas. Temos que admitir que estou diferente de à uns tempos para cá. Mudaste-me, é verdade, mas não foi tudo obra tua, não fiques já todo convencido, que grande parte do trabalho foi meu.
Durante muito tempo achei que tinha uma história complicada, talvez um pouco mais complicada que as restantes minhas conhecidas, mas recentemente várias foram as pessoas que partilharam comigo as suas comédias romãnticas, dramas e filmes de acção. Algumas valeram-me umas enormes gargalhadas, outras revi exatamente a nossa história, e foi aí que percebi que aquilo que me fizeste passar, aquilo que tu de forma divertida apelidas-te de "transtorno" é o que mais de metade da população passou. Aquilo que na verdade faz a diferença nas várias histórias é a maneira como lidas com elas: podes chorar pelos cantos, podes reajir de uma forma bue pacifica, podes escrever sobre o assunto e passar a frente, podes viajar quilometros so para resolver as coisas  ou podes, efetivamente, ter uma relaçao a sério e assumir tudo aquilo que sentes. A maneira como decides reajir altera tudo, e é por isso, pela maneira como ambos reajimos, que nós pertencemos a uma comédia, que na verdade não tem piada, mas vivemos como se tivesse. 
E eu estou feliz agora, mais que o costume

terça-feira, 5 de junho de 2012

Bolachalma

"Tu não tens uma alma. Tu ÉS a alma, tu tens um corpo"
C.S. Lewis, e não faço ideia de que livro é isto, mas gostava de saber.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Bolachas burras #2

Sabes isto?
Deixar o chat ligado também não é uma coisa inteligente.

domingo, 3 de junho de 2012

Bolachas a recordar

Porque o reencontrei e é uma das coisas mais bonitas que já escrevi, acho eu.
A amizade é o sentimento mais puro e mais verdadeiro de todos - disse-lhe eu, no decorrer de uma conversa em que ele se perguntava se os amigos durariam para sempre - Então e porquê? - acabou por me perguntar. - É simples: tu gostas dos teus pais porque foi assim que te ensinaram, a gostar deles. A verdade é que quase ninguém se pergunta porque é que gosta dos pais, ou do irmão, ou da tia, simplesmente gosta. Não foste tu que os escolheste e acabarás eventualmente por gostar mesmo deles, mas foi uma relação imposta, não tiveste livre arbítrio. E nunca te conseguirás livrar desse laço, quer gostes deles ou não. Com os amigos não é assim. Tu escolheste-os, e só permanecem se tu assim o quiseres. - ele ficou a pensar naquilo que eu lhe disse até que - Então e o amor? Também somos nós que o escolhemos... -  Ainda pensei em lhe dizer que não, que o amor é outra coisa à parte. Porque tu não escolhes por quem te apaixonas, simplesmente acontece, mas previ mais uma série de perguntas e achei melhor não complicar - Oh, o amor é uma evolução da amizade. - Achava que aquilo serviria para acabar com as perguntas. Não me apetecia aquele tema, ainda mexia demasiado comigo - Evolui como um pokemon?! - Lá estava ele outra vez - Sim, como um pokemon. Só que na amizade existem vários pikachu, aqueles que nunca evoluem para amor mas que são cada vez mais fortes.
Fevereiro de 2012

19 Bolachas

objetivo de hoje? 19 desenhos numa tarde.
Aceita-se sugestões de qualquer género para desenhar

sábado, 2 de junho de 2012

Bolachas confúcias

"Se tens metas para 1 ano, planta arroz
Se tens metas para 10 anos, planta uma árvore
Se tens metas para 100 anos, educa uma criança
Se tens metas para 1000 anos, preserva o ambiente."
 Confúcio

Bolachas a óleo

Tu queres a história da pintura a óleo escrita à mão e baseada em livros, no mínimo duas folhas não é?
Pois bem: Não há livros sobre isso na biblioteca da zona, portanto vais levar com informação da net e meia dúzia de livros encontrados no site na Fnac na bibliografia. E mesmo assim continua a não haver informação suficiente para encher duas folhas. 
A sério... Tu não tens mais nada que fazer a não ser mandar trabalhos que não interessam nem ao menino Jesus e que ainda por cima dão uma trabalheira enorme?

Bolachas e o RiR

Lenny Kravitz sobe ao palco. Chamam-no de "senhor do rock".
FACADA NO CORAÇÃO

sexta-feira, 1 de junho de 2012

Bolachas em desenho

Eu: Mas oh D. ! Deixaste a mesa toda suja de pasteis! Vai lá buscar o pano...
Ele: Suja?! Eu estou a emprestar-te pasteis e tu ainda reclamas comigo?!
Em resumo: ele acabou por limpar a mesa.