domingo, 29 de janeiro de 2012

Bolachas com Homlet #3

Se tratássemos cada qual como merece, quem escaparia sem açoites?
W.Shakespeare - Hamlet

Bolachas crucificadas

Photoshop, és a minha cruz.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Bolachas a longo-prazo

Dou por mim a pensar que talvez tenha sido um erro deixar-te fugir. para depois contra-argumentar comigo própria que não, que foi o melhor. Que tu podes ser boa pessoa mas que me fazes mal. que eu posso gostar de ti e tu simplesmente me usares quando te dá jeito. Que só esperavas uma razão para discutires comigo. Mas sabes... eu não quero, nem posso, voltar para ti. Porque serias uma daquelas amigas-inimigas, que me rebaixam mais do que sobem a minha auto-estima, que teria que ser eu a fazer tudo, que... que... que voltaríamos ao mesmo. Again, and again.
Talvez não seja a resposta certa a longo prazo, mas por agora é.
E lá nas profundezas da minha alma, ainda há um restinho de esperança que tudo volte ao mesmo. Chama-me ingenua.

Bolachas entrelaçadas

Ela: Acho que tenho medo... tive 18 anos à espera disto e... e se não for o que sempre sonhei? Ou e se for? O que faço depois?
Ele: Acho que essa é a melhor parte. Depois escolhes um novo sonho.
Entrelaçados

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Bolacha / Kraker

Estava a arrumar fotografias e percebi que:
Toda a gente tem uma foto igual da praça de Amesterdão. Mas é que é mesmo igual.
Na Holanda é tudo tão perfeitinho que até tiramos fotografias a sinais de transito, matrículas e tabuletas de indicações.
Deixem-me voltar.

Bolachas e O poeta

"Se não vires a tua estrela, continua a procurar e pinta a tua tela"
A.P.
Cada dia te tornas mais o meu poeta favorito.

Bolachas a implorar

Diz-me que não voltaste para ela. Por favor, diz-me que não foste burro.

How to be a sexy Cookie

(clicar para ver de onde isto veio)

Barba por fazer - aquela de 3/4 dias --> Isto é de me fazer perder a cabeça, mas só aqueles que realmente já têm barba.
Jeito mais "solto" --> Sinceramente não percebi o que querem dizer com isto.
Mãos --> Não acho assim tãããão fascinante
Camisas brancas + calças de ganga --> já falei disso aqui
A maneira com que brincam com bebés e animais --> Derretemos que é um instante
Beijo na bochecha com a boca e não com a bochecha deles --> sempreee
Cabelo desalinhado --> Damn, that's so sexy
A maneira desarrumada com que secam o cabelo depois do banho --> ou então que não secam
A maneira como te abraça --> É do mais importante
Os boxers --> No comments

quarta-feira, 25 de janeiro de 2012

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #32

"errar é humano. Colocar as culpas em alguém é estratégia"
boa estratégia realmente...

Bolachas amadoras

"Todo o artista foi primeiro amador"

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Memorial das Bolachas #5

"Que seria de nós se não sonhássemos?"

Bolachas e um sonho-muito-real

Sonhei que andava à estalada com uma rapariga (nem me lembro de quem era, nem me lembro da razão)
Mas foi um sonho de tal maneira real que acordei com a cara a arder. UAU

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Bolachas para pensares

Fazeres-me um elogio e depois retirares o que disseste é das piores coisas que já me fizeste.
E detesto quando te pões com essas coisas de que tu és muito maturo e muito inteligente. Até parece que és um génio e, lamento, mas não és. Por isso, tem lá mais calminha quando falares comigo, que eu não te fiz mal nenhum, aliás, até "esqueci" muita coisa. 
Funciona um pouco como a história do papel, uma vez amachucado não volta ao inicial por muito que tentemos.
Pensa nisso...

domingo, 22 de janeiro de 2012

Bolachas a rirem-se sozinhas

Vocês nem imaginam o que eu me rio sozinha com aquelas páginas de imagens do facebook. É que há com cada coisa mais engraçada, e com cada coisa que me identifico tanto... 
A sério, vocês nem imaginam

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

Bolachas no dia 17

DIA 17 - dia da perspicácia
O nativo deste dia é naturalmente um líder inteligente e astuto. Quase sempre de bom humor, consegue ser simpático até para os seus opositores. Para ter sucesso profissionalmente deve trabalhar com outras pessoas, e mesmo que comece numa posição secundária, rapidamente e genuinamente alcança o posto mais alto. Através de muito trabalho, persistência e determinação, nasceu para ser bem sucedido. Será um vencedor por qualquer caminho que vá.
É popular e de excelente humor, disfarça a sua tristeza e decepção com sorrisos, e só depende dele se é bem sucedido ou não.Normalmente é bem relacionado com o sexo oposto e está sempre cercado de admiradores.
Agora... Sendo eu Leão de signo - e que as características coincidem quase todas com estas - é possível isto ter acertado? é sim
medooo
Ah! E Lia: é este o post. ahahah

terça-feira, 17 de janeiro de 2012

Bolachas com erva

Esta é a história da Maria e da Joana.
"em caso de duvida ou persistência da sua moca consulte a despensa ou o frigorífico"

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #31

Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências; Fazer o Milhouse chorar não é projeto de ciências;
(...)
Bart Simpson

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Bolachas sem ideias

Comprei um diário novo (diário gráfico = caderno de desenhos)
Mas não sei o que fazer na capa.
Ideias?

domingo, 15 de janeiro de 2012

Bolachas e faz as contas

1 vez magoada = 3 vezes mais amarga, 5 vezes mais cruel e 50 mais fria.

Bolachas indiferentes

Merecias uma valente discussão por teres a mania. Mas ambas preferimos a frieza uma para com a outra.
Merecias um estalo-com-força pelo que fizeste. Mas decidi ter calma e até ficamos relativamente amigas.
Eu merecia uma conversa por tua iniciativa, na boa. Mas tu preferiste ficar calado.

Foi dos campos mais indiferentes que tive até hoje. Não correu mal - podia ter sido um descalabro - mas também não correu bem - podia ter corrido melhor. Só sei que ela me fez uma falta imensa e que ele, apesar de tudo, também. Obrigada por teres ido, embora atrasado.

sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

Bolachas e a bruxaria

É sexta feira 13, e na terra dos meus avós faz-se uma GRANDA festa. Por causa das bruxas.
E hoje eu estou a sentir-me tão maléfica
(e vou o fim de semana para o voluntariado, resolver coisas)
Hell Yeah!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Bolachas a crescer

Há quem cresça, e há quem envelheça.

quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Bolachas de Campos

"É antes do ópio que a minha alma é doente"
Álvaro de Campos
Amanhã tenho teste de português sobre os heterónimos do Fernandinho.
Tenho para mim que vai sair Álvaro de Campos e sinceramente espero que saia, porque é o que mais gosto. 

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #30

-Phoebe... soa bem.
-Ai soa?! Então devias ouvir o meu número de telefone. 

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Bolachas inteligentes

Eu sigo um blog que se chama  girls like boys with a brain  (raparigas gostam de rapazes com cérebro). E estava a pensar sobre o assunto (o título) e cheguei a uma conclusão... é mesmo verdade.
Qualquer um dos meus "amigos" passados, tinha pelo menos uma conversa inteligente comigo. 
Lembro-me que a primeira vez que olhei para um deles a sério e despertou minimamente interesse foi quando estivemos um jogo de futebol inteiro (sim, estávamos num estádio) a falar sobre livros, música e correntes artísticas. Ele explicava-me a época da música clássica, e eu dizia que isso se transmitia nos livros da época. E estávamos os dois tão fascinados a falar daquilo que mal vimos o jogo - que não era minimamente interessante - e ainda hoje uns amigos meus gozam sempre que ouvem falar da "viagem ao centro da terra" porque falamos imenso tempo sobre aquilo. E com outro amigo meu falávamos sobre geografia. Eu perguntava-lhe capitais e ele onde é que ficavam os países. E quando não sabíamos íamos ao atlas. Fascinava-me isso. E fascina-me, porque não é todos os dias que encontro alguém que sabe onde fica Santa Lúcia, ou melhor, que sabe que Santa Lúcia existe. (é um país, da América central). Fascina-me conversa inteligente.


Por isso meus amigos - e isto também conta para as raparigas - sejam inteligentes. Não há nada mais sexy do que uma conversa inteligente.

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #29

As agências funerárias são um negócio que nunca morre!
Rúben e Cláudia, 19 e 17 anos (correspondentes)

Bolachas for no reason

E de cada vez que tu gritas comigo sem razão, a minha vontade de me ir embora cresce.
Oh, e quase teres pegado fogo à cozinha foi uma ideia estúpida sinceramente. Não tenho culpa que a tua família tenha problemas, a sério.

domingo, 8 de janeiro de 2012

Bolachas Ninjas

Cheguei á conclusão que a maior parte das pessoas mal se dá conta que o nome das tartarugas ninja são artistas do renascimento.
E os que sabem, dificilmente sabem uma obra de cada um.
desafio quem quiser a não ir ao google

Bolachas a jeito

Tu viste a imagem no tumblr - uns piercings muita giros na orelha - e decidiste fazer. e fizeste. e publicaste a fotografia - não a tua, mas a que tiraste do tumblr - no facebook, com a descrição "São meus, sejam originais e não imitem. obrigada, kiss".
Agora eu pergunto-me... por mais que não queiras que toda a gente ande por aí com uns piercings iguais aos teus, com que direito é que dizes que são teus - e publicas uma foto que nem és tu - e para serem originais? é que tu própria tiraste a ideia de uma imagem da net. i mean... podias pensar um bocado antes de usares esse tom de superioridade - que não tens - porque de original também não tens muito.
e num comentário mais à frente dizes algo do gênero "não devia ter publicado isto aqui, baaah. Vai ser só copiar" , mas minha querida... eu vi o comentário 15 horas depois, e a imagem ainda lá estava. demora assim tanto apagar aquilo?
A minha vontade era de comentar qualquer coisa assim "Se são só teus, e são assim tão originais, porque é que publicaste uma foto que nem é tua?". e só não digo nada porque o fiz noutra ocasião, em algo parecido. Mas eu não tenho culpa... tu pões-te a jeito.

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #28

"Desde que fui para a faculdade sinto que aprendi umas coisas. Estou muito melhor a jogar à sueca."
André, o primo tosco

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Bolachas e o culminar de 2011, em 2012

Como se pode ver pelos meus últimos posts, o meu 2012 começou da melhor maneira, e ao 2º dia foi tudo pelos ares. 
Mas não foi só uma coisa ou outra, foi o culminar de 2011, mas em 2012... Porque as histórias que estavam para trás vieram ao de cima, todas elasTudo de uma só vez e eu que me aguente.
É bem, é bem. 
Se era pra isto, preferia ter ficado em 2011, onde ainda era tudo bonito.
E caros novos seguidores - porque há vários - eu garanto que costumo ser mais divertida. 

Bolachas a fazerem coisas ilegais.

Eu sei das conversas que tiveste com eles. Com todos eles aliás. Desde a minha ex-melhor amiga, passando pela gaja que me traiu, a que tu andavas atrás sendo comprometido e acabando no meu "amigo". Eu sei de tudo, mas tu não sabes que eu sei. E não vais saber, não, não vais. 
Sobre a minha ex-melhor amiga só te tenho a dizer: tu dás para os dois lados. Passas a vida a dizer que não te queres meter, mas dás sempre a bela da opinião. Defender-me? Nãã, é melhor concordar com tudo o que os outros dizem. Saber da minha versão? Pra quê?!
E acho incrível o facto de tu incentivares toda a gente a correr atrás de alguém, menos a mim. Podias... sei lá! Em vez de dizeres para ele correr atrás da outra, para ver "futuro" comigo. Mas nãããão, o menino só fala quando não deve e quando deve fica calado. Tiras-me do sério assim. 
Então e andavas a falar todos os dias com a rapariga sendo que tu eras comprometido? Tá-me cá a parecer que tu pertences à laia dos que "dão razões para ter ciumes mas fazem uma cena porque somos ciumentas". E depois a culpa é dela. É sempre dela. Vocês são todos santos. E o que eu dava para saber das conversas daquela pobre alma com as mocinhas todas. Principalmente aquelas que ele me nega e diz que não a pés juntos - e depois eu venho a descobrir tudo, incrível como eu não sou estúpida de todo não é? Fantástico.
Mas pior é tu ires desabafar com ela. Não te dou confiança o suficiente por acaso? É isso? Vê lá!
Oh, vai dar uma volta .

quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

Bolachas a despachar

Ele: Cala-te. Não sejas assim, fogo. Não me gozes sim?
Eu: Oh, tu até te estás a divertir com o gozo, admite lá.
Ele: Estou a divertir-me? Como é que sabes? Posso não estar.
Eu: Se não te estivesses a divertir já não estavas aqui. Ninguém dá conversa a alguém só "porque sim". Quando não te interessa/diverte, despachas. Inventas qualquer coisa. É simples.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Bolachas com sentido

Eu sou voluntária por amor e paixão. Porque me enche a alma a cada sorriso recebido. Porque nem todo o dinheiro do mundo pode pagar aquilo que eu faço. Porque faz todo o sentido ser voluntária. Porque gosto. Porque eles gostam e nota-se. 
Sou voluntária porque posso mudar o mundo. 

Ex-bolachas

Ex-namorados/curtes/seja-lá-o-que-for podem ser amigos
Vamos partir deste ponto porque eu acredito sinceramente que isto possa ser verdade. Não digo todos, não digo com toda a gente, mas é possível. Há exemplos e exemplos disso, e do inverso também. e tu sabes bem que há, simplesmente nunca aconteceu contigo, mas comigo já, e no que depender de mim vai continuar a acontecer. Depende da forma com que a coisa acaba, mas se ele não me faz mal nenhum, porque raio não hei-de continuar amiga dele? "À e tal, porque olhas para ele e lembraste de tudo o que passaram" e é verdade que isso acontece, e vai acontecer sempre até esqueceres, e podes nunca esquecer. 

Sabes... Ficar amigos não significa que fiquem os melhores amigos. Também acontece (mas não é o caso). Podem ficar amigos muito chegados, podem ficar amigos que falam às vezes, podem ficar amigos para quando precisam de apoio, ou podem ficar amigos de evitar, daqueles que "ficamos amigos, mas nunca mais te digo nada. Mas falo-te quando te vir, não te preocupes". Acontece na maior parte das vezes. A mim já me aconteceu de todas as formas, talvez porque não me dou ao luxo de desperdiçar boas amizades por algo que até foi bom em certa altura.

Sim, chama-me racional que eu sei que o sou. Eu racionalizo algumas das minhas relações, porque vejo logo à partida que não têm futuro e assim, ao menos, não me magoam tanto. E talvez por isso consiga manter a amizade depois, porque percebo que talvez seja melhor assim, que não me ia casar com ele de qualquer jeito e aprendo sempre qualquer coisa. Fico triste claro, eu não sou de ferro nem insensível, choro também, mas sobrevivo e consigo olhar para ele sem ter vontade de o matar por não ser a pessoa certa. Também nunca amei de verdade, mas a maior parte de nós - juventude que por aqui anda - não sabe o que é amor e acha que sabe. Coisas complicadas da vida. 

Uma vez um amigo meu declarou-se a mim, e eu disse-lhe que não queria nada e era só amizade. Achava que ele ia reagir um bocado mal, mas sabes o que ele me disse? "Eu compreendo, se calhar não foi a altura certa, se calhar tu estás apaixonada por outro e tenho que ter isso em conta. Não és obrigada a gostar de mim." Nunca uma declaração me pareceu tão verdadeira, e naquele momento desejei gostar tanto dele como ele de mim. E se fores a pensar bem naquilo que ele disse, todas as relações deviam ter isso em conta, porque se tivessem isso em conta, acredita que muitas mais pessoas acabavam amigas. 
Isto tudo não é para te convencer - já desisti disso à muito tempo - isto tudo é para te mostrar que, embora tu não acredites, eu acredito mesmo que ex-namorados/curtes/seja-lá-o-que-for podem ser amigos; mas também podem ser inimigos para o resto da vida, também concordo com isso.

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Bolachas em... "não é manteiga, é caramelo"

Sabes que mais? Eu até estava a gostar de ti e tudo. Havia sempre aquela sensação estranha por tu teres estado com ela, mas, fora isso, estava a gostar daquilo que nós começamos a ter. Não tínhamos muito a ver um com o outro, via-se isso à distância, mas ainda pensei que pudesse resultar - talvez, lá num futuro brilhante, claro. E talvez por isso, por ter pensado que podia resultar, é que mexeu comigo quando disseste que não querias uma relação - com o típico clichê "não és tu, sou eu" - porque por mais que digas que a culpa é tua e que não tem nada a ver comigo e coisas assim é óbvio que eu vou ficar a achar que é um bocado culpa minha. A não ser que eu tenha um ego enorme, e tenho. (Ou finjo que tenho)
Perguntaste se ia-mos ficar amigos, ao que eu disse "nunca deixei de falar com ninguém por coisas deste género", e é verdade. Afinal... vou deixar de te falar porquê? Porque foste sincero? Porque avisaste antes de eu me apaixonar? Porque não me queres magoar? Não faria sentido nenhum deixarmos de ser amigos, até porque - como disse ao inicio - eu até gosto de ti.

Bolachas bonitas

"A pretty face doesn't mean a pretty heart"
Ninguém melhor que tu para publicar isto, tu vives isso pessoalmente.
E para que conste e se perceba: tu fazes parte das "pretty faces".

domingo, 1 de janeiro de 2012

Bolachas e o único pedido para 2012

Sei que algo está mal quando quero escrever no blog e penso "mas a Maria* pode ver, e depois tenho que levar com perguntas e comentários". Isto era suposto ser anónimo, era suposto eu escrever e ninguém chatear. Mesmo que leiam, não me falem disso. Façam de conta que não lêem, por favor. 
Se criei um blog anónimo, deixa-o ser anónimo. 
E se eu te pedir opinião, aí sim, podes falar do blog, não vais fingir que não sabes, mas até eu falar disso, por favor, deixa que seja anónimo.

e este 2012 começou da melhor maneira de sempre.

Bolachas com massa

(4 e tal da manhã, a cozinhar massa)
Ele: Manteigaaaa, anda cá ver da massa!
Eu: A sério que, de toda a gente que está nesta sala, chamas logo aquela que só sabe cozinhar ovos mexidos, para ver se a massa está boa? A sério?!