sábado, 29 de dezembro de 2012

Bolachas e definições maravilhosas

Há uns tempos descobri uma definição do facebook que é "não aparecer no feed notícias", que consiste em não eliminar a amizade mas a não estar sempre a receber noticias dela.
Tendo em conta a quantidade de pessoas a quem eu já fiz isto, acho que um dia destes o meu feed noticias é nada.

Bolachas cinderella

Uma espécie de monólogo, escrito pela Patrícia Cinderella.
Sabes... podia ser para ti...

sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Bolachas twenty-eight

[é dia 28 de Dezembro. Faz dois anos e hoje sonhei que acabava com tudo. Talvez seja o mais correcto, mas não quero. Está tudo a correr estranhamente bem e eu não sei o que pensar sobre isso. e agora?]

quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

Bolachas e a boa-fé

Não vale a pena falar com os outros se não acreditamos no que nos dizem
coisas que acarinho e me morrem entre os dedos - Dulce Maria Cardoso

Bolachas muahaha

Ok, não foste passear com ela. Menos mal.

Bolachas Natalicias

"Olhem as minhas prendas mimimis o novo livro da Margarida Rebelo Pinto e o 50 Shades"
Bem... Se tu gostas de ler realmente, os teus familiares devem te odiar.

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Bolachas always

(acerca do Ron)
Harry: Ainda estás zangada com ele?
Hermione: Eu estou sempre zangada com ele.
Harry Potter e os talismãs da morte
Isto senhores, é amor.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

Bolachas montanhosas

Como se costuma dizer: Se o homem não vai à montanha, vai a montanha a maomé.
senhora que falou para o telejornal

Bolachas SIC

Esta a dar o Harry Potter na SIC. Ontem estava tudo maluco com o rei leão, hoje estou eu com o Harry Potter.  
Supostamente, porque aquilo está em português. Vou mas é trocar de canal.
E não é que na AXN está a dar o mesmo filme em inglês? oh maravilha S2

Bolachas especiais

-O ingrediente secreto da minha sopa secreta é... nada.
-Nada? Eu achava que punhas um molho qualquer especial e isso fazia a sopa ainda mais especial.
-Para tornares alguma coisa especial, só tens de acreditar que é especial.
Panda do Kung Fu

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

Bolachas na fallingwater #4

Acabei o meu trabalho sobre a fallingwater house hoje de manhã.
Um dos sites de arquitetura que sigo acabou de publicar MONTES DE IMAGENS COM QUALIDADE acerca da mesma. 
As ironias da vida...

Bolachas com cebola

O meu quarto está tão desarrumado e cheio que nem sei por onde começar para o conseguir arrumar.
(vocês nem imaginam o estado meu meu estirador. é papeis e papeis e livros e papeis e roupa e no meio disto tudo... uma cebola.)

domingo, 23 de dezembro de 2012

Bolachas com queijo

Eu: Agora fiquei confusa entre se sou ou não má pessoa.
Ela: Não és. És só uma pessoa que gosta de outra.

Bolachas na fallingwater #3

Era para sexta feira. Passou para 26 e agora para dia 3. Ainda assim eu vou fazer isso tudo hoje à noite porque... eu quero ter férias e despachar aquilo.

Bolachas na auto-estrada

Quando a minha mãe veio da Bélgica o primeiro comentário que fez foi: Eles conduzem tão mal!
E, segundo o meu pai, lá dia sim dia não há um louco qualquer que entra em sentido contrário na auto-estrada.
É caso para dizer: estes Belgas são loucos!

Bolachas de estimação

Nota
Não tenho paciência para gente que lê por ler, não tem amor aquilo que lê e ainda tem a mania que lê muito. chateia-me querem o quê? Tipo ódio de estimação.

Bolachas ciceras

Uma sala sem livros é como um corpo sem alma.
Cicero

Bolachas no estádio

Sabes... às vezes pergunto-me... será que esta palhaçada toda é amor?

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #48

Quem gosta de café, gosta dele sem açúcar. 
Quem gosta de sumo de laranja, gosta dele natural.
Quem gosta de pessoas, gosta delas sem roupa.
Tânia

sábado, 22 de dezembro de 2012

Bolachas no PPC

Acerca do PPC:
obrigada amiga secreta, gostei muito
Acho que não tens blog, mas se tiveres, deixa aqui o link. Isto se por aqui andares claro senão... olha! obrigada na mesma!
I S2 Pólo Norte

Bolachas e a sopa

Lá na Bélgica o meu pai tem um colega de casa que dá a sopa aos filhos... via skype.
Eu morro de riso a imaginar a cena.

sexta-feira, 21 de dezembro de 2012

Bolachas com atum

(no restaurante)
Eu: tem alguma coisa vegetariana?
Ele: Bem menina... temos francesinhas de atum.
Eu: atum é peixe...
A minha tia: Salada, ela come salada!
Ele: Salada... Bem, temos saladas de atum.
Eu: Atum é peixe. E não quero salada.
Ele: Então... ovos?
Eu: Sim, sim, pode ser ovos.
Ele: Com atum?
Eu: ATUM É PEIXE.
Cansam-me...

Bolachas e os Maias

O meu facebook está impossível com os meus "amigos" todos excitados com o fim do mundo. 
Haja paciência para estas coisas...

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Bolachas na farmácia

E quando amamos alguém o que dela queremos é amor, do mesmo modo que quando vamos à farmácia queremos medicamentos.
Amo-te para sempre, Fernando Alvim

Bolachas na fallingwater #2

Vou só ali fazer a sesta e já volto. 
Atentem nas horas

Bolachas no karaoke

Tem piada ver videos em que eu apareço porque vejo tudo de outro ponto de vista. Como a maneira como te chegas a mim e parece a cena mais natural do mundo.
Acho que é por ser tão natural que isso mexe comigo. E contigo que eu bem sei.
Btw, nenhum de nós conhecia a porcaria da musica e então limitava-mo-nos a bater palmas. fora de ritmo.

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Bolachas a correr

Quem hoje estava numa estação de comboios e viu um patinho a correr com uns saltos de 11 cm, mala, capa, casaco, trabalhos (...) provavelmente viu-me a mim.
Uma linda figura portanto.

Bolachas na fallingwater

Como boa estudante de arquitetura que sou, vou passar a noite toda a trabalhar.
Sabendo disto o que é que uma amiga minha me manda?  isto
vai ser uma noite muito longa...

terça-feira, 18 de dezembro de 2012

Bolachas e o aristo

Perdi o meu aristo novo, lindo e grande. 
Estou a ponderar meter GPS no meu material...

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

Bolachas e a vaca leiteira

"Está na minha parede de recordações"
Eu mandei-lhe o postal no ano passado e ele ainda o tem. Não nos falamos todos os dias, nem todos as semanas, nem todos os meses sequer. Não falamos sobre a vida de cada um. Mas falamos sobre o nada, sobre o tempo, e estranhamente é uma das amizades que mais prezo, ainda que após 10 minutos na presença dele me canse e apeteça desatar a fugir dele. Mas é um fixe, e já foi o meu plano B quando o A me deixou pendurada. 
E embora longe, nós até que nos divertimos com isto. É bom ter amigos assim.

Bolachas espaciais

Eu sei que vais ler isto.
Só quero te dizer que eu não vou falar contigo, não por não estar preocupada - porque fiquei um bocadinho - mas porque acho que talvez precises de espaço. E se não precisares podes vir toda feliz falar acerca desse novelo de lã que é a tua vida, ou se não quiseres falar sobre a tua podes sempre perguntar pela minha. Tanto faz, nem que fales do tempo. Aparece quando te sentires melhor.
Agora dou-te espaço, porque eu também preciso dele às vezes.
E sei perfeitamente que nos vamos continuar a falar, credo, isso nem está em posiçao de ser discutido. E eu ainda espero a minha carta ahaha

domingo, 16 de dezembro de 2012

Bolachas digitalizadas

Estive mais de uma hora a cortar as digitalizações. Esta porcaria não guardou
Fuck me right?!
E agora ficam para amanha na aula de cultura que eu tenho mais que fazer da vida. Tipo estudar eatemática. era um bom principio...

2012 Bolachas

O meu facebook criou uma coisa qualquer com os meus 20 melhores momentos do ano 2012.
Começa com uma fotografia da minha ultima passagem de ano, uma fotografia de grupo. 
As coisas mudam, muito. E nota-se bem naquela foto.

Bolachas e a luz

Eu: desde quando ?
Ele: porque és .
Eu pergunto as horas, ele diz-me para apagar a luz...

Bolachas nobinhas

Tinha como intenção por o meu blog mais natalício. Digamos que foi uma missão com pouco êxito...
Mas que tal? Dores de cabeça, questão de hábito, horroroso (...) .  É manifestarem-se pessoas! Quem lê o blog são vocês, não eu, eu só escrevo.

Incentivo às bolachas

Selo de Campanha de incentivo à Leitura
oferecido pela M., do Letra a letra, olhos nos olhos
Ora as regras são:
1 - Indicar 10 blogs e avisá-los (é proibido deixar apenas "para quem quiser". Logo vocês que eu avisei, foram todos escolhidos à pressão cof cof)
2 - Colocar a imagem no blog para apoiar a campanha
3 - responder à pergunta: Qual Livro indicarias para alguém começar a ler?
Ora minhas caras bolachinhas, vocês deviam ler os Capitães da areia de Jorge Amado. É um dos melhores que eu já li, o meu preferido a longo prazo. Mas também vos recomendo Sonho de uma noite de Verão, de Shakespeare, para quem gosta de ler teatro é mesmo muito bom. Eu adorei. Ou então com mais fantasia, a Alice do Outro Lado do Espelho, que é a sequência da Alice no País das Maravilhas (mas eu gostei mais do segundo. Mas leiam os dois, por ordem). E eu até recomendava Harry Potter, mas é daquelas coisas que nem precisa de recomendação, assim sendo termino a recomendar o Monte dos Vendavais, mais um clássico: de uma maldade sem fim, é algo fascinante de ler. Ah! E para quem gosta de se sentir confuso, que leia o Metamorfose do Kafta, é uma confusão completamente louca.
Se quiserem me recomendar alguma coisa, mandar bitaites ou pedir mais recomendações, a caixa de comentários é vossa. (e minha, que tudo aqui É MEU! MUAHAHA)

Ah! E os blogues são:
Não sou o que fazem de mim - Lia
Putas everywhere - Mariana   fazes-me escrever asneiras aqui, sinceramente
Quem é que deu erva à cinderella? - Patricia
Girls like boys with a brain - Patricia 2.0
Alexandre Borges' words - Alexandre
Estudante Amarelo - Estudante
Ovelha Negra - Pastora
Panthera tigris - Invisivel
The 2nd girl next door -; Inês de Sousa
A Single tear - Teardrop

Bolachas e a escultura

Há algo em ti que me faz lembrar uma. O teu nome a outra. E tens a atitude das duas.
Não me admira que eu não vá muito à bola contigo.

Bolachas humanas

Ela: Eu não estou preocupada. Sou humana, posso errar.
A outra: Pois, mas não podes errar sempre.

sábado, 15 de dezembro de 2012

Bolachas e os casinos

Acabei de me tornar fã da série Las Vegas.
Começo a achar que devia criar uma etiqueta para este tipo de coisas

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

Bolachas arrepiadas

Por mais coisas fofas que possas dizer, por mais distraído e sexy que talvez sejas, por mais que eu goste de ti, aquilo que realmente me provoca mais arrepios é a tua construção frásica...
E ainda estou a tentar decidir se me fazes bem se não. elas dizem que sim. Eu digo que sim. A lógica diz que não. Maravilha...

Bolachas wtf?

e o mais estúpido é que acabei de te fazer o mesmo. Vi-te e... desliguei-me.
WHAT'S WRONG WITH ME?!?!

Bolachas no snooker

"Mimimi da próxima vez que o vir vou falar com ele!". Acabo de subir as escadas e vejo-o. Baixei o tom, fiz de conta que não disse nada e continuei em frente.
Haja paciência...

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

Bolachas e a frequência

Do meu dia de hoje: frequência de geometria
-O prof. de cultura começou a aula com 6 pessoas da minha turma e 1 da outra. Um mar de gente portanto.
- Pela primeira vez almoçamos só duas pessoas juntas.
- Passei a tarde toda no bar, coisa rara porque eu tenho mais que fazer do que estar parada no bar a olhar pras paredes (e eu odeio aquelas cadeiras!)
- O Russo não sabe jogar ao stop. 
- O meu padrinho continua jeitoso. E eu envergonhada.
- Nunca que ouvi falar em axonometrias com sombra. Nem ninguém.
- Existem axonometrias com sombras e saiu na minha frequência.
- Um teste normal de secundário tem mais vigilância que uma frequência de e.superior.
- Ri-me o dia todo. Com nervos.
- Devia dormir e não tenho tempo.
- Devia estar a estudar e estou aqui.
Notinha de rodapé: A rapariga tem a voz mais doce que já conheci. Meu deus, não a consigo a imaginar a dizer asneiras! ahahaha

Bolachas a caminho do inferno

Desenhei um senhor cego e o seu cão. Tenho a sensação que ele não reparou que estava a ser observado...

Bolachas de gorro

Ontem vinha no autocarro um senhor mais velho com um gorro com uma folha de cannabis.
Eu pergunto-me... será que o senhor sabia o que tinha, literalmente, na testa?

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

12 Bolachas

"No dia 12 do mês 12 do ano 2012 vamos ao mcdonnalds as 12.12 comer 12 hambúrgueres por 12 euros e depois vimos para a escola e temos de dar 12 abraços a 12 pessoas diferentes"
In facebook
Apetece-me dar um tiro a alguém. O professor de geometria chega-se à frente?

Boa noite Bolachas

Vou ser muito sincera: eu não sei se consigo passar a tudo este semestre.
Não é por falta nem de estudo nem de esforço, simplesmente não sei se consigo. Há coisas que não fazem sentido e outras que simplesmente não me ensinaram. Pode até parecer paleio de estudante de que ai os professores é que são todos péssimos mas a verdade é que aquelas duas almas que me dão aulas de geometria pouco ou nada explicam. A professora de geografia explica  por exemplo. Não é conversa, é a mais pura verdade. Eles os dois não se entendem, uma nas teóricas a falar e sem explicar nada, outro nas práticas a explicar teóricas. E geometria que é uma cosia prática... nada. Façam em casa e desenrasquem-se. Eu sei, eu sei, é normal na faculdade, mas ao menos que me dêem bases suficientes. E aqui entra a parte que não é culpa deles: nós temos menos horas de geometria do que os anos anteriores tinham, e temos exactamente a mesma matéria. Daí que um dos professores até já admitiu que nós simplesmente não demos, nem sabemos, certas coisas que são essenciais. que nós foi chegar ali e desatar a fazer sólidos, sem antes saber distinguir uma recta frontal de uma horizontal. Coisas básicas que acabamos por perceber, mas que não podemos inventar. A minha frequência não é amanha, é só na quinta. Talvez devesse ficar aqui a estudar até conseguir atinar com aquilo, mas já não dá. Já só vejo riscos e preciso de dormir. Doi-me a cabeça e só me apetece chorar. A mim e à minha turma toda, ou melhor: ao primeiro ano todo. E a alguns do segundo vá, que ao que parece há mais repetentes do que eu sabia. O ano passado inscreveram-se em exame cerca de 300, apareceram 100, passaram 16. Boas contas portanto. E eu estou extremamente calma em relação a tudo isto, nem sei se me importo sequer ou se é só mesmo apatia, ou maneira de ser. É nesta atura que tu entras, me falas lá daquelas coisas todas desvairadas e me dizes o que afinal é. E eu acredito, porque isso é ciência e foi aprovado pela OMSaúde, e acredito em ti. 
É giro nao é? Boa noite.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

Bolachas alteradas

Eu fiz um trabalho todo. Eu pesquisei e pesquisei. fui ao sitio, investiguei e tudo mais. havia pouca informação.
Assim que acabo o trabalho e estou à procura de uma imagem... aprece-me informação nunca antes vista. E da boa.
Nãã, não vou alterar o meu trabalho todo. Nem pensem!

Bolachas e as marés

"Ela amava artes, música, pintura, natureza. Hans Christian Anderson, Van Gogh, Tchaikosvky. Eram os seus favoritos. Amava Tchaikovsky porque este tinha transformado a sua tristeza em calor, A Bela Adormecida, O Lago dos Cisnes, O Quebra-Nozes, A Sinfonia nº6. Amava Vincent, porque conseguia sentir a solidão deste através da pintura  Mas não conseguia olhar para os seus girassóis por muito tempo, o amarelo feria-lhe os olhos. Sentia demasiado. Sentir pode ser demasiado, por vezes. Contou-me como achava estranho que as pessoas que criavam coisas tão belas fossem tão tristes. Como por vezes a tristeza era tão forte que eles acabavam com as próprias vidas. Suas últimas obras de arte.
Disse-me pensar que a maioria dos génios eram solitários. eu disse-lhe que achava que toda a gente era solitária. Que até mesmo a lua era solitária, e é por isso que arrasta as marés."
Do fb da murder, ainda que não tenha sido ela a escrever.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

Chamamento das Bolachas

Recebi um sinal de Deus:  a minha internet abre todas as páginas excepto o meu facebook. 
Acho que Deus quer que eu trabalhe.
Assim seja. Amén aos santinhos. 
Peço desculpa M. , mas ...SENTI O CHAMAMENTO!

domingo, 9 de dezembro de 2012

Bolachas e a valsa

Sonhei que te ensinava a dançar a valsa. 
Não tens jeito nenhum pra coisa digo-te já.

Bolachas e o sorteio

Basta isto?
Oh minha gente! Inscrevam-se neste sorteio que vale a pena !
E o blogue da moça é jeitoso ahaha

sábado, 8 de dezembro de 2012

Bolachas online

(estado de facebook de uma rapariga)
Ela: É verdade, muitos amigos no fb, na rua quando é para pedir dinheiro, no café para pedir livros e apontamentos. Muitos contactos quando é para pedir favores, mas a verdade é que quando desfilo a única pessoa que está do meu lado é a minha mãe! ;)
Ele: Desfila online.

Bolachas piratas

O Once upon a time está muito melhor esta temporada. E a razão é - entre outras - esta.
Começo a achar que vou ganhar uma queda por piratas... 

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

Bolachas no monopólio

Eu já estava toda lançada para responder a isto quando... fiquei a pensar no que realmente faria...

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

Bolachas da regaleira #2

Ainda do meu trabalho de cultura:
"Something something Homem com um grande espírito cientifico a alquimia era algo que o fascinava (...)"

Comentário do meu professor: seta a ligar alquimia a ciêntifico com uma nota a dizer "parece-me incompatível..."


Olhe senhor, aprenda o significado de alquimia:

1. Química da idade média
2. Ciência oculta tendente a descobrir o elixir da vida e da pedra filosofal.
3. é uma prática antiga que combina elementos da química, antropologia, astrologia, magia, filosofia, metalurgia, matemática, misticismo e religião.
Ai agora a culpa é minha do homem ser um cientista que acreditava na pedra filosofal?! Fique desde já a saber que há muitos cientistas a acreditar em Deus. E padres a acreditar na ciência. Vá lá agora dizer-lhes que são incompatíveis, VÁ LÁ! 
Lá de pertenceres à ordem dos arquitetos e seres o director da biblioteca, isso não faz de ti senhor da razão. Era só o que faltava!

Bolachas da regaleira

"Mimimis Os únicos documentos referentes às plantas e alçados do edifício estão em Itália blá blá blá Na altura não era obrigatório a câmara aprovar o projecto e consequentemente ter uma cópia do mesmo."
Comentário do meu professor: E não se percebe porque é que a C.M.S. não mandou fazer um levantamento rigoroso!
Olhe senhor... desculpe lá mas eu ainda não mando na Câmara de Sintra não é?

Bolachas típicas

(ele com um sotaque muito característico)
Ele: Ai, eu sou do Porto!
Eu: Não, não és. Tu és pra'i de Gondomar.
Ele: Como é que sabes?! 
Eu: Sotaque característico ahaha

Eu: Tenho frequências pra semana
Ela: Ai, vais tornar-te tão foca!
Eu: Isso foi tão Coimbra. Não norte, Coimbra!

Acho que estou a tornar-me especifica em expressões e sotaques tipicos. So cute.

Bolachas e a pirosice

Coisas a tender para a mariquice que encontro no meu facebook mas que ainda assim acho fofas, pirosas e fazem pensar (pouco mas fazem):
"Não consigo imaginar alguém a ir a um lugar de propósito só para me ver, a ter ciumes de mim e não me dizer, a distrair-se a meio do dia porque se lembrou de mim, fantasiar uma vida comigo ou a escrever-me uma super sms e acabar por não ma mandar por falta de coragem. E no entanto eu já fiz tudo isto."
*fantasiar não nesse sentido maroto. vocês realmente...

terça-feira, 4 de dezembro de 2012

dama Bolachas

Nos dias que correm temos que ser maduros. Assim sendo, quando alguém me insultar eu - no auge da minha maturidade - saco do meu super chapéu e canto isto em plenos pulmões.
Atrevam-se lá a desafiar-me agora... Ah pooois, RESPEITO !

Bolachas e Um minuto de silêncio

Hoje dei um passo em frente. Abandonei um bocado da minha meninice oficialmente digo oficialmente porque eu já lá não ia à séculos
Hoje, dia 4 de Dezembro de 2012 eu... cancelei a minha conta hi5.
Um minuto de silêncio por favor.

Bolachas mártir

Ficas tão bonita quando fazes de mártir.

Bolachas com 14

(mostro-lhe uma fotografia de um rapaz de quem gostei à muitooo tempo atrás)
Ela: É para fugir à regra... que os outros eram todos bons.
Eu: Epah, esta gente quando era mais nova era tão mais bonita...

Bolachas tias

Olhe querida - você fala assim logo eu também posso - desculpe lá a sinceridade mas tenho umas quantas coisinhas para lhe dizer: Eu tenho vida para além das suas aulas sim? Tenciono tirar a carta de condução fofa, e para isso tenho de ter aulas. Que eu habilmente marco para as terça de manhã pois não tenho aulas logo, é suposto não haver aulas extra todas as semaninhas está a ver? Não está? então vá passear. E os auto retratos que mandou fazer? Faltam dois minha querida, não sou mágica sabe? E ainda faltam as pinturas porque não pude ir à sua aula portanto tenha calma com os trabalhos que manda certinho? E os 100 desenhos no diário gráfico? Oh filha, mas você não tem mais nada que fazer?
Ui! beijinhos fofa!
Arrg, até cola.

segunda-feira, 3 de dezembro de 2012

Bolachas Lx

Sabes que mais? Há uns anos atrás eu encantei-me contigo. 
Naquela época era ainda mais ingénua do que hoje em dia, assim sendo, o meu encanto foi rapidíssimo e super fácil.  
Uma das razões pela qual não me lancei à louca naquela varanda foi porque me lembrava o quanto custava gostar de alguém ao longe - ainda que o termo gostar seja completamente relativo - depois a outra peça entrou no filme, fez-me crescer e trocou-me as voltas. Mas voltando ao assunto:
Eu encantei-me e tu moravas no final do mundo. Isso tudo passou, o mundo continuou às voltas, tu mudaste-te para Lisboa e entretanto vieste falar comigo.
Olha que bonito.

domingo, 2 de dezembro de 2012

Bolacha, conselheira matrimonial

Toda a gente tem aquela amiga linda de morrer a quem se pede conselhos amorosos mas que ainda está solteira.
Well, eu sou essa amiga. 

sábado, 1 de dezembro de 2012

Costeletas e Bolachas

People are lonely because they build walls instead of bridges
Diz ela e com muita razão.

70 bolachinhas

Pronto, acabou-se a época de piadas acerca da minha quantidade de seguidores. Já podemos voltar à normalidade!
seja bem vinda menina.

Bolachas Mimo-gaio

Acabei a trilogia dos hunger games. Lindo, lindo, lindo. Nada como HP, mas fica-lhe bastante perto. Adorei. chorei que nem uma desalmada e revia-me ali em algumas coisas. Mas - e agora vou ser spoiler por isso podem parar de ler - eu queri aque ela ficasse com o Gale. Eu percebo o porquê do outro - e de certeza que o Gale arranjou outra boneca qualquer porque uma peça daquelas não acaba sozinho - mas.. epah! eu estive os 3 livros todos a torcer pelo Gale caramba! 

Like Cookies

Surpresa. Fiquei surpresa e apenas isso. Nenhum vestígio daquela aceleração que outrora me acontecia por algo tão pequeno.
Sentes a minha falta, pergunta ou afirmação?

Bolachas espirituosas

Já é Dezembro.
TUDO A MONTAR ÁRVORES DE NATAL !

Bolachas Castle

-Sabes...tenho medo de perder aquilo que eu e ele temos.
-Então e o que é que vocês têm?
-Ahhhrr.. uma amizade?
-Não. Uma amizade é aquilo que nós as duas temos. Aquilo que tu e ele têm é uma enorme rotunda.
Castle

sexta-feira, 30 de novembro de 2012

Bolachas e as boas memórias

Ela: (manda-me um video cheio de rapazes jeitosos) Será que os rapazes das nossas conversas têm corpos assim?
Eu: Maybe
Ela: acho que devíamos tirar as provas!
A vontade que eu tive de dizer "well, eu já tirei.."  ahahahaha

Bolachas seguidoras

Vá, minha gente marota, reparai ali na minha quantidade de seguidores ahaha

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Bolachas e a geometria

Eu preciso de usar um extensor de compasso. Eu tenho esse extensor de compasso. Escusado será dizer que estou à 10 minutos a tentar montá-lo e não consigo...

Bolachas léon

coisas que vejo nas descrições das fotografias dos meus amigos: uma frase toda linda e... léon tolstoi.
*facada no coração*

terça-feira, 27 de novembro de 2012

Bolachas secundárias

Ela: opah... Fiz cábulas...
Eu: Cábulas? TU FIZESTE CÁBULAS?! That's my girl...

Bolachas em 2010

Eu: Epah, eu não sou má xD Esse medo é infudamentado ahaha
Ele: Uma vez vi a tua ira dirigida à S.  Não me vou arriscar...
Há coisas que marcam

Bolachas e os OD portugueses

Há gente para tudo realmente ahaha

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Passe Bolachas

O facto de eu ter encontrado o meu passe perdido faz com que eu ainda acredite na bondade das pessoas.
Obrigada mundo.

Bolachas na ronha

Não há nada mais degradante do que termos de levantarmo-nos sempre tão cedo. O homem deve poder dormir.
Metamorfose - Franz Kafta

Bolachas e o Snape

Por isso é que, por muito que queiram e chorem, eu não consigo gostar do snape. 
Até parece que a Lily devia ter escolhido o Snape em vez do James. NUNCA minha gente! JAMAIS!

domingo, 25 de novembro de 2012

Bolachas Amor

Amor é... passar o resto da tua vida com alguém que te apetece matar mas que não matas porque sabes que ias sentir saudades dessa pessoa.

Bolachas coloridas

e a música até é jeitosa. A sério que é. 

sábado, 24 de novembro de 2012

Bolachas partidas

Hoje voltei a vê-lo. Está solteiro ao que parece e cortou o cabelo. Já não está a tua cara chapada mas ainda vos acho parecidos. Não me livro de ti assim tão rapidamente não é verdade? Logo vi...

Bolachas e a Margaridinha

O Nilton convidou a Margaridinha para o 5 pra meia noite. Estou triste
Ela disse que para o ano vão fazer um filme do Sei Lá. Vá, vamos rir em conjunto.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Bolachas e a pergunta

E às vezes pergunto-me... que raio é que vou fazer contigo?

Bolachas carris/cp

Perdi o meu passe carris/cp. 
Procurei, procurei, nada. Fui ao balcão de informações da estação de comboios, expliquei a situação e mostrei o talão que comprova que paguei o passe no inicio da semana. Ah menina, isso não lhe vai servir de nada. Tem de pagar um passe novo e voltar a carregá-lo. Então paguei quase 60 euros e agora perdi tudo? Pois, é isso mesmo menina. E para voltar agora para casa, faço como? Compra um bilhete. Compra bilhete, compra...
Chego a casa. Site da carris, informações bla bla bla número de informações de passes perdidos, ligo e... "serviço disponível apenas entre as 9 e as 17 horas de dias úteis."
É bom saber que tenho horas e dias certos para poder perder o passe.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Bolachas prioritárias

Ler o 2º livro do hunger games e consequentemente fazer uma noitada de geometria.
Como diria alguém que eu conheço: prioridades.

O conto das 3 Bolachas

Os humanos têm tendência para escolher exactamente aquilo que é pior para eles.
Dumbledore
Comentário ao Conto dos três irmãos; Contos de Beedle o Bardo - J.K.Rowling

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Bolachas esperançosas

A oração não é uma lista de pedidos. Deus não é o Pai Natal. Mas a esperança cura e a falta dela deixa-nos doentes
Olhem que isto faz muito sentido...

Bolachas na CP

Acordei um senhor no comboio. Já fiz a minha boa acção do dia.

Bolachas, obrigadinha hem?

Ok, acabei de me sentir extremamente excluída  Obrigadinha hem? Eu aqui toda preocupada com vocês e coisas assim. Para que é que me dou ao trabalho, para quê?

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Bolachas e a wishlist

WishList deste Natal
Está a chegar e é bom que vocês a conheçam. A ordem foi o que foi calhando, alguns é por curiosidade, outros por recomendação, outros pelo autor. 
Mas apetece-me bastante ler Shakespeare já agora.
Guerra e Paz - Lev Tolstoy
Anna Karenina - Lev Tolstoy
D.Flor e os seus dois maridos - Jorge Amado
Orgulho e Preconceito - Jane Austen
Macbeth - William Shakespeare
Otelo, o Mouro de veneza - William Shakespeare
A comédia dos erros - William Shakespeare
Mar Morto - Jorge Amado
Se isto é um homem - Primo Levi
Nómada - Stephanie Meyer
Tudo o que é Sr. dos Aneis - J.R.R. Tolkien
Divergente - Verónica Roth
As vinhas da Ira - John Steinbeck
O processo - Franz Kafta
Metamorfose - Franz Kafta
Carta ao Pai - Franz Kafta
Laranja Mecânica - Anthony Burgess
Madame Bovary - Gustave Flaubert
Rei Lear - William Shakespeare
Voando sobre um ninho de cucos - Ken Kesev
O triunfo dos Porcos - George Orwell
1984 - George Orwell
Aceita-se sujestões

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Bolachas geográficas

Sabes que fizeste uma boa pergunta quando a professora olha para ti, ri-se e desvia o assunto.

domingo, 18 de novembro de 2012

Bolachas Black Dahlia Murder

Este site está cheio de coisinhas boas e fofinhas e que eu quero muito, muito. 
Mas há um problema: as coisas pelas quais me apaixonei pertencem a uma banda (sim, é sempre a mesma pah! eles têm um design do caraças!) demasiado hardcore para mim. É que as coisas são lindas  lindas, mas depois a banda em si é demasiada gritaria. PORRA PAH!

Bolachas com carinho

Que saudades que eu tenho de tudo. Que saudades eu tenho de vocês. 
E naquele video nota-se uma aura qualquer especial muito embora ninguém tenha feito planos a longo prazo. Aquilo sim, era viver o presente. E era giro, muito giro. Obrigada.

J.K. Bolachas

"Eu não acredito no tipo de magia que está nos meus livros. Mas eu acredito que algo de muito mágico acontece quando lês um livro muito bom."
J.K. Rowling
Não acreditas?! SUA MUGGLE!!

Bolachas alemãs

Os rammstein vêm cá em Abril. Eu vi-os a ultima vez que cá estiveram, em 2010 portanto, e num festival. Digamos que os rammstein são conhecidos por fazerem brutos espectáculos (e se fizeram aquele brilharete todo num festival, oh jesus o que eles farão num só deles e no P.Atlãntico!). E eu estou curiosa, mas não sei até que ponto é inteligente ir ver uma banda que já vi (não que eu vá a muitos concertos mas yah). E teria de arranjar companhia. E quem eu conheço que gosta de metal não gosta porque "é alemão!". 
Baah.

Bolachas de chocolate

Amor é partir uma barra de chocolate em duas e comer apenas uma.

sábado, 17 de novembro de 2012

Bolachas, Bolachas

Ela: Ele até é girinho. Olhaaaa...
Eu: Não tenhas ideias parvas. Mas já que falas no assunto: ele tem o mesmo ultimo nome que eu, não podia ser. depois as crianças iam se chamar "Maria Bolacha Bolacha". Bela merda pah.

Antes Bolachas Depois

Das pequenas maravilhas portuguesas apresento-voooos... KLEPHT.
Até pareço a Mariana a dar dicas de música ahaha

Bolachas Einstein

"Chamam-me otário porque fumo erva, mas chamam de génio quem inventou a bomba atómica"
Sim, porque sem dúvida que podes comparar essa cabeça de passarinho ao Albert Einstein. Só à chapada...

Bolachas da fome

Acabei de ler os Hunger games. Eu já tinha visto o filme e, tal como todos diziam, é um livro genial. Eu gostei, parece-me daqueles que fazem história - tipo o Harry Potter (mas nunca tão bom quando o meu Harryzinho).
Chorei no filme, chorei no livro e é tudo fantástico. Mas uma coisa persegue-me desde o inicio do livro:
Com tanta tecnologia, com tanto avanço que eles têm... Ainda não arranjaram uma forma indolor de fazer a depilação? Seriously?!

Bolachas e o arraial

Ao que parece houve arraial por causa do nome de uns blogues lá na grupo dos blogguers.  A minha pergunta é: porque é que só fazem festa quando eu não estou presente?!
Btw, Aquela miúda sempre me deu comichão. Ah.. que boas primeiras impressões que eu tenho...

Bolachas e a traição

Para haver traição, tem de haver confiança primeiro.
Os Jogos da Fome - Suzanne Collins

quinta-feira, 15 de novembro de 2012

Bolachas, pooois

Como é que as pessoas querem ter um governo bem organizado e sem dívidas, quando na realidade elas próprias não sabem gerir o dinheiro que têm - ou tiveram - em casa?

quarta-feira, 14 de novembro de 2012

Bolachas no skype

É ao falar no skype com um amigo que eu reparo no sorriso estúpido com que fico. CREDO.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Bolachas poddo

Eu escrevo "porque eu não poddo" em vez de escrever  "porque eu não posso"
Ela ri-se imenso e goza comigo, ao que eu respondo, super séria, que "aquilo é espanhol. Basco na verdade".
E ela acredita. 

Bolachas criativas

Das coisas giras que se encontra na internet. Ou como passar o tempo.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Funeral das bolachas

Ela 1#: Eu no meu funeral... vou-me levantar a meio e cantar "I will always love youuuuuu"
Ela 2# : Eu vou-me levantar e cantar o I will survive!
Ela 3# : Eu vou ser super importante, não vou falar com ninguém, tipo... vou ser bué superior!
Eu: Eu no meu funeral vou me sentar e dizer: credo, vocês estão com cara de quem viu o morto falar!
Eu não aprendo nada de jeito com estas blogguers. É que não aprendo!

Bolachas e o Mondego

Eu: Ok, isto é triste.
Ela: Não é nada triste.
Eu: É um bocado. Mas HEEEEY, nao estamos aqui a chorar as minhas mágoas pah! Estamos a chorar as tuas. Ou queres chorar em conjunto? Dá para fazer um segundo Mondego acho eu ahaha

Bolachas parisienses

"Ai que eu tenho que poupar dinheiro e a crise é uma chatice". Mas vais a Paris porque é giro 2 vezes ao ano, às Bahamas e tens um casamento cheio de clichés e cenas desnecessárias. E telemóveis do caraças e cenas assim. Oh minha amiga, ao menos não dizias nada não é?
Fuck logic.

domingo, 11 de novembro de 2012

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #47

Eu não te insulto, eu descrevo-te.

Bolachas Piaf

Há pessoas que quando bebem choram.
Há pessoas que quando bebem não se calam.
Há pessoas que quando bebem lançam feitiços
Há pessoas que quando bebem abraçam toda a gente
E depois há pessoas que quando bebem pensam que sabem cantar Edith Piaf. A minha tia é uma destas e canta tããão mal.

sábado, 10 de novembro de 2012

Bolachas e a curiosidade demente

(ela publica um daqueles questionários enormes)
Ela: "Um blogue que tenha mudado a tua vida e porquê?" Não existe um.
Eu: EU ACHAVA QUE ERA O MEU! (choro bué desesperado e gritos de raiva e merdinhas do género ahaha).  E sim, eu li isso tudo.
Ela: O teu blog não. Tu sim. Só um bocadinho *muahaha* (e eu sabia que ias ler, tu foste a pessoa que me disse que toda a gente lê isto porque toda a gente tem uma curiosidade demente xD)
Eu: Às vezes eu até digo uma coisas jeitosas. oh, eu adoro-me! S2

Bolachas Sparks

"leiam este blog que é tão bom e mimimis" 
ok, vou ler. por curiosidade. Oh boa, começa com um questionário sobre a autora, adoro, adoroo! Ponto nº9: qual o teu escritor favorito? "Nicholas Sparks".
Mas é que parei a festa logo ali! 

Bolachas com leitão

Eu não sou a favor da legalização das drogas leves, mas isto não me parece uma ideia estúpida de todo.

Bolachas e o DG - o regresso

Meus amigos: preciso de ideias para o meu diário gráfico!
(e para quem não sabe o que é um diário gráfico, é um caderno de desenhos)

Bolachas memoráveis

A memória é frágil e caprichosa, cada um recorda e esquece segundo as suas conveniências. O passado é um caderno de muitas folhas, onde anotamos a vida com uma tinta que muda consoante o estado de espírito.
Zorro, o inicio da lenda - Isabel Allende

sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Bolachas da minha vida

Por muito metal, rock, reggae, alternativo (and so on) que eu oiça, tenho que admitir que o Valete é digno de louvar.
é dos melhores artistas portugueses têm de admitir, mesmo que não gostem de rap.

quinta-feira, 8 de novembro de 2012

Bolachas de Portalegre

Eu: Aquele casaco é giro. Fica-lhe bem.
Ela: É giro é. Nada a ver com o estilo dele, mas fica-lhe realmente bem.
Eu: É daqueles casacos mesmo fantásticos para despir.
Ela: É daqueles casacos que ficava bem no chão do meu quarto!

Bolachas Maddie

"Os pais da Madeleine McCann contrataram um especialista para fazer um retrato de como a filha se deve parecer actualmente. Provavelmente um esqueleto, pequeno."
gustavo a caminho do inferno em 3, 2, 1..
E neste blog somos pelo humor negro. Não me venham com sensibilidades.

Bolachas ok

Tu sabes que eu vejo, eu sei que tu lês. E ninguém se pronuncia sobre o assunto porque é melhor assim.

quarta-feira, 7 de novembro de 2012

Bolachas Noob

Eu: Mas tipo, tu já sabias disso antes. ÉS UM TRAIDOR PAH! UM VIRA-CASACAS . UM INDIGNO! UM.. UM..
Ele: yup yup :b
Eu: ... UM NOOB !! 
Ele: O QUE É QUE TU ME CHAMAS-TE?! NOOB?!
Eu:*como te conheço*
*Noob= pessoa com pouca prática/jeito para jogos.

Bolachas de sangue

Hoje eu tentei cumprir com o meu acordo pessoal dos 18 anos - ser dadora de sangue/medula.
Hoje eles não me deixaram fazer isso por ter a tensão baixa.
Hoje descobri que para fazer isso sem ser com uma brigada de recolha tenho que ir dar uma granda volta e ir a um hospital todo manhoso que fica num sitio que não lembra nem ao menino Jesus.
Hoje fiquei triste, porque eu tentei ajudar a Bia e não me deixaram.
E o raio da senhora era antipática como tudo. Credo.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

Bolachas e o projeto

Tens a certeza que é isto que queres? Não. Mas eu sempre quis isto a vida toda, não posso dar-me ao luxo de mudar de ideias agora. Ai isso é que podes. Põe as coisas em causa. Pensa nisso. Ok, já pensei. e concluíste alguma coisa? Que não sei o que fazer. Eu gosto disto, mas é uma vida demasiado instável. Hoje em dia nada é estável, e há quem esteja em piores lençóis que tu. Mas e a apresentação? Continuo com o mesmo drama do secundário. rio-me demais. Isso resolve-se, tem calma. Mas eu nunca me senti tão mal! Acontece. Foi a primeira, a próxima corre melhor. É bom que sim. Esforça-te. Mas não seria melhor pensar noutra hipótese? E deixares o sonho de sempre em causa? Ainda à bocado disseste que podia duvidar. Ok, trocaste-me as voltas. Mas pensa: tu gostas disto, só estás a dramatizar por causa de um problema que se resolve. 
Tem calma, tudo acaba bem. Depende do sítio onde parares de contar a história. Shiu! Não dizes nada de jeito... 

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Naughty Bolachas

A tia concordou, pois era da opinião que até o mais pateta fica bem de uniforme.
Zorro, o começo da lenda - Isabel Allende
Tu sabees... Ah sua marota!

Bolachas e as medidas

Está para chegar o trabalho em que eu não invento umas quantas coisas só para bater certo com outras. 

domingo, 4 de novembro de 2012

Bolachas maquetistas

Só para ficar registado: hoje fiz a minha primeira maquete. E nem está má de todo.

Be Bolachas

Ela: Bah. Be together! vocês enjoam-me.

Bolachas fifi

Porque eu sou fina e tenho direito a uma etiqueta!
Com isto não significa que as pessoas tenham direito a chamar-me fifi. É o meu trauma de infância e ela é que é má e goza com isso ahha

sábado, 3 de novembro de 2012

Bolachas e olha lá

Olha lá oh minha estúpida: primeiro tentas arruinar a minha amizade com ela e agora decides ir fazer-te de amiguinha para o meu melhor amigo?
TIRA DAÍ AS PATAS TÁS A OUVIR?!
Porque a mim já não me fazes confusão e nem sequer penso em ti, mas agora vires-te meter com um dos meus é que não. Nem te atrevas.

Bolachas e a pulseira

Ainda não a perdeste. Ao menos isso.

Bolachas de leite

Tem piada como até o teu nome de praxe tem ligação a vacas. 

Bolachas integrais

"Oi linda, não adianta nada ser bonita por dentro porque ninguém quer beijar o teu pulmão. Conversa de beleza interior é coisa de pessoas feias"
FODA-SE, A SÉRIO QUE TU PUBLICASTE ISTO?!
ganha vergonha na cara oh minha idiota. Ao contrário de ti que tens a puta da mania das dietas e achas que vais ser a próxima miss mundo - and guess what? não vais - há pessoas que são realmente bonitas por dentro e que realmente têm alguma coisa dentro, não é tipo tu que só tens corrente d'ar.
Foda-se, eu sempre soube que tu eras loira burra,  mas agora está mais que confirmado. E para além de burra ainda consegues ser estúpida. 
Ah! E já agora oh minha cabra: podias ter inventado uma desculpa melhorzinha ontem à noite "estou doente" não colou. Porque ao contrário de ti, nós pensamos. Mas se é para vires com estas cosias, ainda bem que não vieste. 
Vá, vai lá passar fome.
Beijo, "fofa" .
E peço desculpa pelo palavreado.

sexta-feira, 2 de novembro de 2012

Bolachas Sofia

"Compreende-me! Tu tens o mesmo nome que eu, tens que me compreender!"
Disse-me ela, já no auge da sua bebedeira. Ela estava completamente desnorteada, eléctrica e confusa.
Confusa em parte porque nunca lhe tinha acontecido ficar naquele estado e porque "eu não sou assim!". Confusa porque há ali qualquer coisa entre eles os dois que não deveria haver. Ela dizia que só conseguia pensar no namorado, e eu acho que era daí que vinha tanta confusão. Ela estava um bocado fora de si e devia ter medo de perder o controlo das coisas. Ontem percebi que nós as duas temos mais em comum que o nome.
E então disse-lhe que sim, que a compreendia, não só para a acalmar mas porque no fundo eu sabia como ela se estava a sentir.

quinta-feira, 1 de novembro de 2012

Bolachas e o Zorro

É bem sabido que nenhum homem bem-amado pelas mulheres se gaba das suas conquista. Aqueles que o fazem, mentem.
Zorro, o começo da lenda - Isabel Allende
Isto faz-me lembrar alguma coisa ahaha

Bolachas Rocher

Ela: "Se precisares de alguma coisa manda mensagem ou vem cá"
Eu: "Maria*, apetecia-me tomar algo... Que tal um... Ferrero Rocher? TA NA NA NAM TA NA NA NA"

Bolachas do Halloween

Como as pessoas me reconhecem na rua:
"Ah, percebi logo que eras tu pela tua voz" entenda-se que eu tenho uma voz rouca super sexy muito característica.
"Ah, eu vejo-te na faculdade porque vejo a tua mochila a dizer metallica" entenda-se que eu ando sempre de mochila. malas é para meninas.
"Ah, só percebi que eram vocês porque vi uma bruxa a abanar os braços e aos saltinhos" entenda-se que eu ontem mascarei-me e vergonha na cara é algo que me faz falta às vezes.

Porque as pessoas não podem me reconhecer por razões normais. claro que não...

E no final de tudo, já quase em a chegar a casa... perdi o meu chapéu de bruxa. Mas é que foi mesmo SÓ no final dos finais!

Bolachas e as flores

As melhores flores dão-se em vida.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Bolachas automáticas

Ela "gosta" de uma página que se chama "eu quero um amor verdadeiro".
Automaticamente penso: então deixa de ser pega.
É que mesmo após mais de um ano, eu continuo a odiar-te não gostar de ti com a mesma força. Provocas-me aquele sentimentozinho de nojo.

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Bolachas e o PPC'12


Abriu a época de caça aos  dos postais.
Para quem gosta de receber postais daqueles verdadeiros em papel super fixes e quiçá um presente (eu tive essa sorte o ano passado. obrigada à menina que mo mandou ahah), é favor participar no Polar Post Crossing 2012, autoria da famosa Pólo Norte.
Eu já me inscrevi, e tu?

Bolachas de chef

Quem disse que o lugar das mulheres era na cozinha... não me conhecia de certeza.
Sou a pior cozinheira que conheço.

Bolachas e o Okahué

-O que é o Okahué? - perguntou Diego.
-São as cinco virtudes essenciais: honra, justiça, respeito, dignidade e coragem.
-Eu quero-as todas, avó.
Zorro, o começo da Lenda -Isabel Allende

domingo, 28 de outubro de 2012

Bolachas no chat

Não tenho ninguém a falar comigo no chat. Assim que decido ir estudar aparecem 40 almas a querem conversa. 
Olha m'esta...

Bolachas estreladas

Na vida, quem perde o telhado em troca ganha as estrelas.

sábado, 27 de outubro de 2012

Bolachas no carro

Ele convidou-nos para o aniversário dele, numa discoteca que vai fazer uma festa. Prossegue-se a seguinte conversa no facebook:
Ela: Ai, alguém tem de me levar a mim e à minha amiga.
Ele: Eu nem a convidei... Só tenho 3 lugares no carro.
Eu: Eu, o A. e o R. . está feito. Josefina (ela), vais a pé  ahaha
Ela: Ai são assim?! Então não vos arranjo entradas à pala na festa!
Ele: Josefina, eu não pago nada...
Eu: Nem eu. A festa É DO MEU PRIMO. Eu não pago  AHAHA

Adorei a tentativa dela de fazer-me chantagem. E depois foi humilhada em público. Ninguém te manda teres a mania.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Bolachas a partir de quando?

Se soubesses que ias morrer amanhã terias ido hoje às aulas?
e se morresses daqui a uma semana?
Ou daqui a um ano?
Fica a pergunta: A partir de quando é que compensava ir às aulas? Sim, porque é giro aprender.
Nós concluímos que a partir de 2 anos já compensava.

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Bolachas my darling

Das coisas giras acerca da minha playlist de música: Depois de uma música toda calminha, daquelas que me trás memórias bonitas do meu campo espiritual fantástico... Aparece uma música dos Metallica super agitada que rebenta com a cabeça a qualquer um. 
E eu assusto-me com a mudança. No meio da rua. E salto de susto. E depois começo a rir-me. que bonito...

Bolachas bailarinas

Aquilo é para mim eu sei, eu conheço-te. E conheço-me. Preciso de dançar. Ela hoje disse-me que não confia nas pessoas. Eu disse que acreditava que as pessoas não são más. Disse que todos mentíamos  Disse que podes confiar muito em alguém e ainda assim saber que essa pessoa te mente. Disse que era uma questão de conhecer as peças. Eu conheço-te. E preciso de dançar. Eles baralharam o trabalho todo. Não foi por mal digo eu. São estúpidos diz ela. Tem calma, as pessoas não são más. Não os conheço, mas vê-se na cara. Apetece-me dançar. A miúda diz-me que tem tudo para fazer e não se mexe. Quase lhe grito em plena sala que tenho os trabalhos bem mais atrasados que ela e estou ali a trabalhar. Apetece-me bater-lhe, e preciso de dançar. Invento bastante no meu trabalho de cultura. Ninguém vai perceber. São coisas irrelevantes. Preciso de dançar. Tenho saudades dele mas não tenho tempo para pensar nisso. Preciso mesmo de dançar. Explico geometria nas pausas do trabalho. Recebo um ultimato para comparecer à festa. Faço ginástica financeira mentalmente. Tenho a mesa cheia de livros e papeis. Preciso de dançar, preciso desesperadamente de dançar. Dói-me tudo. Dói me a cabeça, dói me os olhos, dói me os ombros e doi-me a alma. Ela diz-me para relaxar, por musica, parar e dançar. Faço isso. Precisava tanto, tanto de dançar.

quarta-feira, 24 de outubro de 2012

Chili Bolachas

Não tinha planos para o mês de outubro, perdi a cabeça e comprei não 1, não 2, mas 3 livros. 
No final do mês toda a gente decidiu fazer anos, marcar cinemas e ir festas de halloween.
Obrigadinha hem?  ahaha
Mas eu vou fazer um esforço desgraçado para ir a isto tudo, porque eu não posso descurar dos amigos, novos, velhos e os outros. São das coisas que fazem diferença nas amizades.

Bolachas e o crime perfeito

Veneno
Mas um veneno daqueles que demora a actuar porque assim a pessoa tem tempo de ir dar uma voltinha e comer mais umas porcarias e então despistaria. Só para prevenir, não poderia haver ligação entre nós. Ela pedia-me a mim e eu pedia-lhe a ela. Mantínhamos contacto por cartas que queimávamos assim que respondêssemos. Sem rasto possível
Para aplicação do veneno nada mais fácil do que comprá-lo numa loja qualquer corrente, em dinheiro. Nada de fazer levantamentos idiotas à pressa e muito menos de receber transferências de dinheiro, quem vê um mínimo de filmes sabe como eles são sempre apanhados de maneiras completamente idiotas que poderiam ter evitado. Pôr o veneno num pacotezinho de açúcar, daqueles normais. Num dia corrente de trabalho servir um café à pessoa em questão e, na ida ao açucareiro "ai jesus que deixei cair a caixa cheia de pacotinhos todos iguais e olha este aqui no meio dos outros todos". Sem espalhafato, sem nervos, sem olhar em volta, sem desligar câmaras de segurança. E se pensarmos bem mais de metade dos sítios não tem câmaras.
Como se fosse a coisa mais normal do mundo.

Eu sou boa pessoa, juro.
E caros senhor do CSI, isto foi escrito na mais pura bricadeira. Se eu fosse realmente fazer isto não publicava não era? Sejamos inteligentes! 
Para mais esclarecimentos criminais favor de contactar-me na caixa de comentários, obrigada.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

Bolachas de férias

Supostamente o Natal é sempre quando o Homem quer. Então não percebo porque é que ainda não estou de férias...
André Farinha

Bolachas na cruz

Confissões que eu tenho a fazer: Nunca vi o diário da nossa paixão.
Vá, crucifiquem-me lá.

Bolachas de cristal

A professora Trelawney passou num ruge-ruge.
-Alguém precisa da minha ajuda para interpretar os presságios sombrios da bola de cristal? - murmurou sob o tilintar das suas pulseiras.
-Eu não preciso de ajuda - murmurou Ron. - O significado disto é óbvio. Vamos ter imenso nevoeiro à noite.
Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban - J.K. Rowling

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Bolachas F.A. vs Nova

Ele: Na minha faculdade é só malucos. Há mais droga que eu sei lá! É que tu não tens mesmo noção!
Eu: Amiguinho, eu estou numa faculdade de artes. Claro que tenho noção!

domingo, 21 de outubro de 2012

Bolachas, é isso mesmo

(Ela entra na página do facebook do namorado)
Eu: Mas tu estás a controlar o facebook dele?!
Ela: Nãoo, ele é que... Sim, é isso mesmo.

Bolachas desnaturadas

Engole essa vergonha toda e fala com o teu padrinho oh sua desnaturada! 
E assim fiz. E não percebi se aquilo enviou ou não porque era uma sms enorme, mas não vou reenviar porque aquilo ainda manda duas vezes e depois ele acha que estou a persegui-lo.
Sinceramente.

Bolachas no poker

Aquilo é sobre mim? É que parece.
E escreve-se All in, não All line.

Bolachas afogueadas

Se a minha casa estivesse a arder eu salvava... 
Depende do sitio onde estivesse a arder. Se o fogo fosse na cozinha - sitio mais óbvio - teria tempo para salvar umas quantas coisas. Mas a probabilidade de eu desatar a correr e pegar na minha mochila era enorme, porque lá dentro tenho sempre a carteira e mais uma pilha de tralha que anda sempre comigo (e está no meu quarto, logo aí...). Pegava no telemóvel evidentemente, e no portátil porque  - hey! - isto custa dinheiro e tenho demasiadas coisas importantes aqui. Rezava para ter tempo de salvar uns quantos livros. Assim tudo muito à pressa. 
Não salvava a Milady - a gata - pela simples razão que suponho que alguém da família o fizesse. Senão lá teria de ir eu atrás da gata...

sábado, 20 de outubro de 2012

Bolachas feiticeiras

Sofia Bolacha, a feiticeira
Uma história antes referida, mas nunca antes contada aqui. 
Pensemos num monte de caloiros, veteranos e doutores todos felizes e contentes na época das praxes a percorrer sei lá quantas tascas com o objectivo de enfrascar os primeiros. 
Imaginemos agora Sofia Bolacha, já pouco sóbria mas ainda consciente toda feliz e contente com um copo na mão e um pauzinho-que-até-hoje-não-sei-de-onde-veio na outra. E um amigo por perto que alinha nas brincadeiras. 
Agora imaginem-me a berrar maldições imperdoáveis munida da minha varinha improvisada no meio da rua e desse meu amigo a obedecer à minha maldição Imperious.
Juro-vos que fizemos sensação nesse dia! 
Até que me tiraram o copo e a varinha e tive de fazer olhinhos para que ma devolvessem (à varinha, que o copo já não voltou)

Ahhh, das histórias que ficam para a vida.

Sirius Bolachas

Falamos do Harry Potter. Eu digo que adoro o Sirius e ela diz-me que adorou a cena da morte dele - não a morte em si - e é aí que dou conta que nunca compreendi muito bem como ele morreu. Tenho uma vaga ideia, mas nada em concreto.
O que é uma vergonha porque li o livro 2 vezes e vi o filme mais umas quantas.

Bolachas e o trabalho

Achei que tinha de fazer render o tempo. Quis adiantar um trabalho e comecei a escreve-lo numa aula.
Perdi a folha e agora, para além de não o ter adiantado, ainda o atrasei porque andei à procura do dito.
Ah raios!

333 Bolachas, 999

Sabes que mais? Eu tenho saudades tuas. Durante 3 anos foste uma melga, atiraste-me com uma sopa em pleno refeitório, embebedaste-me a primeira vez, fizeste-me ficar semi-despida numa bomba de gasolina, molhaste-me estando eu vestida de branco o que resultou numa viagem really awkward com um rapaz que me queria engatar, fizeste-me cair milhões de vezes, grafitar pela primeira vez e fugir da polícia, tomaste conta de mim quando a vodka fez o seu efeito, jogavas basket com o meu decote só para me irritar, fazias viajar bolachas por uma sala inteira só para partilhar comigo, tornaste-me uma pessoa com uma mente demasiado poluída,  fizeste-me andar de comboio sem pagar a primeira vez e fugir do pica de saltos altos, comemos pizza congelada porque os planos não correram muito bem, reclamavas comigo para eu não almoçar só bolachas, mandavas vir comigo pelas minhas tonturas e ainda assim gozavas com isso, e fizeste muitas outras coisas tão estapafúrdias que não lembram nem ao diabo. - Well, you are his daughter right? And mine too. - Fui a tua "vítima" durante 3 anos, e por muito que isso me tirasse do sério às vezes e tenhas apanhado uns quantos estalos a sério de tanta raiva que me metias, eu tenho saudades tuas, e não trocava esses 3 anos por nada. Porque... pessoas tipo tu não há muitas. E eu gosto bue de ti. 
Não seremos amigas a vida toda, ambas sabemos isso, cada uma tem uma caminho diferente, mas podemos ir dando notícias sim, é isso que faremos. Mas serás sempre uma boa recordação, daquelas que surgem e me arrancam um sorriso de tão tola que é. 
Concluindo: Que cena mais lamechas! BLAARG