sábado, 24 de dezembro de 2011

Bolachas e as coisas-que-gosto-em-ti

E chegamos ao ponto de estarmos a falar de traições como se fossem cerejas. 
Acho que é uma das razões porque gosto tanto de ti.
(não de traíres, mas de tornares a conversa fácil)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião