terça-feira, 29 de novembro de 2011

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #26

-Porque tens tantos cheques por abrir?!
-Porque a maior parte das coisas que quero comprar ainda não foram inventadas.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Bolachas e em-voz-alta-custa-mais

e hoje, ao falar em voz alta, tive vontade de chorar.
Mas controlei-me!

Bolachas com Homlet

"É de lamentar como por uma carinha de beata, por um gesto devoto, por açúcar tomamos o próprio diabo"
W.Shakespeare - Hamlet

Para os mais distraídos: reparai ali no trocadilho entre Hamlet e omelete. Dito em voz alta faz sentido.  Era só isto.

sábado, 26 de novembro de 2011

Bolachas e a faculdade

Eu não sei se quero ir para fora estudar. É uma coisa que me preocupa cada vez mais, porque cada vez estou mais perto da faculdade. Não sei se quero mudar de cidade ou se quero me manter aqui. Se por um lado Lisboa tem tudo, e isto inclui boas universidades, os meus amigos e a minha familia, por outro lado eu gostava de experimentar outra cidade, uma faculdade de artes, novos amigos, nova casa, novas experiências e uma nova liberdade. Quero viver a universidade com todo o seu esplendor, claro que não tenciono só andar em festas - até porque eu nem sou muito festevaleira - mas eu sei que se ficar em Lisboa não vou aproveitar tanto a faculdade como se fosse noutra cidade. E a casa! Sempre quis experimentar morar numa casa que não fosse minha, pela experiência. Quero viver aquilo a que chamam a "dura vida de estudante", novas emoções, novas histórias. 
Mas qual é a lógica de todos quererem vir para Lisboa e eu querer SAIR daqui? Não há! e nem faz sentido. Embora a faculdade que eu tinha em mente - a de Évora - seja uma das melhores em termos de artes, e também não seja má em arquitetura. Claro que cada pessoa defende sempre a sua faculade como a melhor - ou quase. Eu sei que ir para outra cidade é mais caro, com comida, casa, faculdade em si, materiais (...) claro que é mais cara, mas pagar uma privada também não o é? e eu não tenciono ir para uma privada.
E quase que dou por mim a torcer para não entrar nas faculdades de Lisboa, que até são melhores . irracional, eu sei .

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Bolachas e o nosso cérebro

Olha para a esquerda --------------------------------------->  eu disse esquerda

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Bolachas arrepiadas

"arrepiei-me e eu lembrava-me daquilo"
hell yeah

Bolachas, chegou a hora

Foi bom enquanto durou, fiz tudo o que podia por ti. Usei-te e não tenho medo de dizer isso, deixei-te cair muitas vezes, mas estive sempre lá para te apanhar do chão. Brincaram contigo, mas tu sabes o quanto eu me revoltava com isso. Estavas sempre comigo, adormecias ao meu lado e ainda me acordavas, embora eu te ignorasse em algumas manhãs. Viveste tudo aquilo que eu vivi nestes últimos dois anos, foste a minha ligação com pessoas importantes e eu vou ter saudades tuas, mas chegou a tua hora e eu vou ter que arranjar outro, nunca será tão bom como tu, nunca irá ter as nossas memórias, mas chegou a hora.
Hoje, dia 22 de novembro, o meu telemóvel apagou-se de vez.

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

BolacAUTCH!

É que nem de propósito.

domingo, 20 de novembro de 2011

Bolachas numa noite de Verão

"Se bem que realmente a razão e o amor nunca andem juntos nos tempos que correm. Ninguém consegue fazer deles amigos e é pena. Nã, o melhor que tenho a fazer é levar isto para a brincadeira"
William Shakespeare  - Sonho de uma noite de Verão

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #25

Os homens são como o bluetooth, perto estão sempre conectados, longe encontram sempre novos dispositivos"

sábado, 19 de novembro de 2011

Bolachas muy controladas

Há uma rapariga na minha aula de dança que se parece com uma rival conhecida minha.
Dá vontade de bater na rapariga de cada vez que a vejo.

Bolachas com mel

Não sou de publicar imagens, muito menos aquilo que desenho mas... assim m, ?
Abelha comum a tinta da china; Apontamentos a caneta

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Bolachas de camomila

Eliminei as fotos que tinha (só) contigo do meu facebook. Numa delas ainda cancelei, porque gosto muito da foto e custa sempre tornar as coisas reais, mas percebi que não fazia sentido nenhum estares ali.
Estou estranhamente calma em relação a isto, acho que cada dia estou mais indiferente quanto a ti. Ainda bem.

Bolachas com coelho

Como é que queres que eu não me ria de ti sendo que estás vestido de coelho?

quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Bolachas e o DG

Eu vou ser decapitada pela minha professora de desenho. 
Diário gráfico é uma coisa que a mim não me apetece.
alguém se oferece para desenhar por mim ? ahah

All the cookies now


Que originais! Até as crianças a saltar à corda copiaram.

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

pois, Bolachas

"é verdade que por detrás de cada sorriso há uma história triste que teve que ser superada"

pois.

Bolachas raivosas

Ela: Epah, não sei te explicar é tipo... ao início eu ficava bué...
Eu: Chateada?
Ela: Não, não. ok, vá, era chateada. Mas agora fico bué normal, quase indiferente.
Eu: Mas quando ele volta...
Ela: Quando ele volta sinto-me feliz claro e penso que ele realmente não faz de propósito...
Eu: (silêncio)
Ela: EU SOU REALMENTE MUITA ESTÚPIDA!
Miúda que estava no balneário: Elaaah! Solta a tua raiva rapariga!


épico

Bolachas insonsas

INSONSO meu deus! Qual insosso qual quê!

domingo, 13 de novembro de 2011

Bolachas finalmente!

Consegui. quase dois meses depois consegui.
agora só falta escrever à mão, enviar e esperar que recebas.
espero que gostes

Bolachas com photoshop

Tenho um trabalho todo em photoshop. 
ÉÉÉÉ!!!! PALMINHAS P'RA MIM !!!!


mas não sei mexer em photoshop. ora bolas !
ahahaah isto dá-me vontade de rir

sábado, 12 de novembro de 2011

Bolachas conselheiras

Dou bons conselhos a toda a gente menos a mim.

Bolachas e frases-que-não-são-minhas-mas-na-altura-tiveram-imensa-piada #24

Mufasa - O que vou fazer com ele?   (em relação ao Scar)
Zazu - Ele dava um lindíssimo tapete...

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

Bolachas da Julieta

"Triunfe o amor, e eis tudo resolvido."  - Julieta
Romeu e Julieta - William Shakespeare

terça-feira, 8 de novembro de 2011

Bolacha com Manteiga feliz

Amiga da Manteiga diz:
 Eu só te pergunto a ti, porque és das poucas miudas em que posso, a partir da tua opinião, formar a minha porque apesar de seres granda transloucada, tens uma opinião formada, e por vezes bem formada.
ainda há quem goste de mim. 
sinto-me feliz!

Bolachas com postais

Decidi que vou mandar postais de natal a um monte de gente este ano. E não há desculpas, este ano não me posso escapar.
Vou fazer uma lista a ver quem se portou bem este ano ou não :b

(isto vem tudo porque vou participar numa espécie de amigo secreto entre bloggers ahah )

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Bolacha e a carta

sabias que já te escrevi 30 vezes e nenhuma delas ficou bem? 

sábado, 5 de novembro de 2011

Bolachas aos gritos na discoteca

Dá-me arrepios e borboletas na barriga. Põe-e o coração às voltas e dá-me um olhar "embriagado".

e cantar isto aos gritos numa discoteca abraçada a alguém aos gritos também?  Ah pois! Demais.

Bolachas madrugadoras

Está para chegar o dia em que ninguém desta casa acorda às 8 da manhã a um sábado. Está para chegar...

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

Bolachas numa realidade alternativa

Para ti a realidade é quando tens falta de álcool no sangue. 
Tu vives num mundo alternativo.
como quem quer te chamar de bêbado sem te magoar, tas a ver?

quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Bolachas de uniforme

Ela: E rapazes de uniformes hem?
Eu: Epah, nunca percebi qual é a piada dos uniformes. Há com cada um...
Ela: Mas são só alguns uniformes! Se fosse com todos deixava de ser fetiche e passava a ser desespero

Bolachas em Pass Partout #3

Não acabou. O pesadelo ainda não acabou.


E quando ela chega à tua beira e diz "falta isto, isto e isto. Altera, TUDO. Para amanhã" ? É giro não é?

quarta-feira, 2 de novembro de 2011

Bolachas em Pass Partout #2

desta vez foi com o índice.
É extremamente frustrante acabares um trabalho e perceberes que te enganaste no índice.

Bolachas perigosas

Um tubo de cola depois e eu já sou uma pró a manusear o x-ato.
Agora sou oficialmente perigosa
Hell Yeah

Bolachas em Pass Partout

é extremamente irritante quando fazes um pass partout que te dá imenso trabalho e e chegas à conclusão que erraste nas medidas.

Bolachas e a distância de segurança

"Mantém essa distância de segurança e arranha quem a invade, a não ser que decida gostar desse alguém"

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Bolachas e a bola

Agora a bola está nas tuas mãos. Eu fiz tudo o que podia e mais do que devia.

Bolachas bloguisticas

Nunca sei como acabar uma "conversa" via comentários. Um *smile* soa-me a falso. Nãoo responder soa-me a má educação. Coisas elaboradas soa a mais conversa. "ok" é só estupido. e "xau" é ridiculo porque não vou a lado nenhum.
Devia haver "gosto" tipo no FB. Era tão mais fácil ...

Bolachas e a escrita-da-alma

Ela: Tu apagaste um post do teu blog não foi?
Eu: Foi. Arrependi-me de o ter publicado porque achei que ninguém tinha nada a ver com aquilo
Ela: Realmente ninguém tem nada a ver. Mas é estranho, tu nunca apagas nada do que escreves.
Eu: Eu nunca me arrependo do que escrevo.


A verdade é que não me arrependi de escrever o tal post, e como prova disso tenho-o guardado, apenas me arrependi de o ter publicado. É impossível arrepender-me de ter escrito algo que veio diretamente do coração para as teclas, porque por muito forte que seja, é aquilo que sentes.

Bolachas Hallowenescas

olha, ontem foi Halloween e nem me mascarei.
que escândalo!