segunda-feira, 16 de maio de 2011

Bolachas com um sabor antigo

Cada vez que cheira a terra molhada a minha mãe diz que "cheira a França" e, cada vez que ela usa o perfume preferido dela eu "viajo" para a feira-popular, mais concretamente para o comboio-fantasma, isto porque eu era pequena e quando me assustei agarrei-me a ela e o cheiro ficou.
Há imensos cheiros que me fazem "viajar", não consigo evitar de associar pessoas e momentos a certos cheiros. É como os sítios, assim que entro em determinada sala lembro-me logo de um episódio qualquer marcante, é inevitável.
Mas eu gosto (tem dias), porque eu sempre gostei de recordações. Sou daquelas pessoas que é capaz de passar uma noite inteira a ver fotografias e a recordar momentos. Passa-se o mesmo com as músicas, há músicas que me lembram pessoas, não é preciso ser "a nossa música"  até porque não tenho muitas musicas divididas às vezes basta teres sido tu a mostrar-me a música, ou que tenhamos passado uma aula inteira a ouvir aquilo, que a letra tenha tudo a ver contigo, que tenhamos cantado aquilo em sintonia ao telemóvel ou então aquela que escreves-te sobre mim. 
Há mil e uma razões para associar musicas, cheiros, sítios e até palavras!
Sim, palavras... Há palavras que me dão vontade de rir cada vez que as leio, tipo... "environment" que associo logo a "ambient" e daí viajo directamente para a minha sala de inglês do 8º/9º ano e me lembro do quanto nos rimos à pala da minha composição.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião