terça-feira, 8 de março de 2011

bolachas e... não sei

"não faças um drama" foi a primeira coisa que me disseste. e eu ainda nem sequer tinha aberto a boca.
Passado um bocado chamas-te-me previsível "já sabia que ias ligar". Novamente, silêncio.
Liguei-te porque fiquei preocupada contigo, liguei-te porque tu não me telefonas-te e, podias precisar de alguém. Não queria saber o que se tinha passado, simplesmente queria saber se tu estavas bem. E tu respondes-me assim. Por momentos ainda pensei que "estavas em pré-histeria" porque a tua voz estava como quando tu queres disfarçar emoções, demasiado animada. Mas depois dei conta que sempre fizeste isso, talvez não seja por mal, mas fazes. e a vida continua.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião