sábado, 12 de março de 2011

Bolachas e a consideração para com os outros

Temos que ter em consideração os outros. Chama-se a isso: respeito. Ontem vi várias atitudes (não minhas e, nem todas para comigo) de falta de consideração para com os outros. 
Se tu dizes ás 21 horas, é para estar lá ás 21 horas, não é ás 21.30. Apanhas-te trânsito? devias ter calculado que a essa hora HÁ trânsito porque sempre houve e, saías de casa mais cedo. Mas a culpa não é tua? Foi a tua mãe que se atrasou? Então é ela que tem falta de consideração pelos outros. É que eu perdi tempo da minha vida á tua espera, enquanto que podia estar a fazer outra coisa qualquer. Tu não sabes se eu tive ou não que sair de casa a correr para lá estar a horas, não sabes. E, no caso isso ter acontecido, tinha que deixar de fazer qualquer-coisa-que-não-interessa-o-que para ficar á tua espera.
Nós vamos sair. Somos um grupo de 5 pessoas, se um de nós está a beber de mais só temos que interromper e dizer "para ti, hoje já chega" não interessa se me vais mandar passear depois, eu tiro-te a bebida e o assunto está resolvido. Tudo isto porque tenho em consideração: 1- a tua vida  2- a tua dignidade. Só espero não ter que chegar ao ponto de chamar uma ambulância porque tu te estás a apagar, como ontem vi alguns fazer. E, não há nada mais indigno do que uma pessoa vomitar-se toda no meio de uma discoteca, como ontem também vi.
E outra falta de consideração, é deixarem-te sozinha á porta da discoteca, sentada no chão e encostada á parede a vomitar. E ficas lá sozinha, tudo poruqe escolheste mal os teus amigos e estes simplesmente estão-se a lixar para ti. Ou então (e não estou a inventar!) metem-te num táxi, pedem ao taxista que te leve a certo sitio, pedem a um amigo que (por acaso!) ficou em casa para te ir buscar e, depois voltam para a discoteca como se não se passa-se nada. Bem... pelo menos neste caso ainda pediram a alguém para tomar conta de ti...

Sem comentários:

Enviar um comentário

Dá aí a tua opinião