quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Bolachas muito felizes

(Como é que eu ainda não anunciei isto aqui?)
SOU TIA, e ele é um amor que só dorme, mas ainda assim um amor.

Bolachas Maus

Maus - Art Spiegelman

Ora aqui está um livro que toda a gente devia ler

domingo, 3 de setembro de 2017

Bolachas em Setembro

Estou com uma depressão de fim de férias

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

Bolachas e as pessoas que me rodeiam

Isto dos desgostos de amor é mais comum do que eu achava.

terça-feira, 1 de agosto de 2017

Bolachas generosas

(...) os gestos generosos não devem ser contidos pelo raciocínio frio.

O Regresso do Rei - O Senhor dos Anéis  -  J.R.R.Tolkien

Bolachas e as boas frases

O resumo da minha vida amorosa nos últimos tempos numa frase de Orange is the New Black

Não podes dizer às pessoas para irem e depois culpa-las por ir.

Bolachas de volta

Voltei !



Epá, e não me roubem as fotos. Isso é só má onda

quarta-feira, 21 de junho de 2017

Bolachas Canadianas

Acabei o meu último exame hoje.

Já vos disse que vou para o Canadá na segunda-feira? Um mês inteirinho a repor a alma nos sítios certos.

domingo, 18 de junho de 2017

Bolachas e os jornalistas

Não há ninguém mais sedento de sangue em tragédias do que os jornalistas. Raça mais nojenta que se alimenta dos desastres do outros.
Acabei de assistir, na SIC Notícias (supostamente uma fonte fidedigna e cuidadosa), a uma jornalista a entrevistar uma senhora em lágrimas, porque perdeu amigos e bens, e a estúpida da jornalista a fazer perguntas pessoais sobre quem morreu. "Mas conhecia? Eram seus amigos? Faziam o quê? Viviam aqui?"
Minutos antes uma outra, no mesmo canal, afirmava "Foi aqui!! Aquiiii!! Que morreram duas crianças e a mãe. O pai está destroçado. Foi Aquiiii!" como se fosse uma vitória ver carros carbonizados e famílias desfeitas.
E ainda a ávida procura de quem culpar, o que é que os bombeiros não fizeram e o que podiam ter feito no meio daquele inferno, em que suas senhorias só querem manchetes de jornal.

Não é jornalismo, é caça às bruxas e acima de tudo, falta de coração.
E incompetência já agora.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

Bolachas e a descrição

Aqui nós somos por aqueles que não têm medo de cair porque sabem que a Alice precisou de cair para ir parar ao País das Maravilhas. 

Por vezes é preciso recordar aquilo que escreveste em tempos melhores para ganhares coragem em tempos mais escuros.